Qual a diferença entre amor e paixão? Entenda o que sente!

Qual A Diferença Entre Amor E Paixão
News,

Qual a diferença entre amor e paixão? Entenda o que sente!

Qual a diferença entre amor e paixão? Hoje, no portal NãoEsqueci, você vai descobrir como reconhecer e fazer o amor e a paixão coexistirem em relacionamentos, entre quedas de raios e emoções avassaladoras, e sentimentos profundos e duradouros.

“Será apenas uma paixão avassaladora ou eu realmente amo ele/ela?” Se você está tendo uma história envolvente, é comum se fazer essa pergunta, porque nem sempre é fácil distinguir atração física e amor.

Ambos são dois sentimentos predominantes em um relacionamento, que muitas vezes podem se encaixar perfeitamente, criando um grande entendimento entre duas pessoas. Todos nós já passamos por isso: quando encontramos alguém que nos atrai, a fonte que desencadeia tudo é a paixão e a atração física.

Isso pode acontecer no caso do amor à primeira vista ou crescer à medida que você sai com a pessoa. E esse forte entendimento entre duas pessoas que é criado pode se transformar em amor verdadeiro ou desaparecer assim que a paixão ardente se esgotar.

Isso será dito pelo tempo e esforço que ambos os parceiros despendem na construção de seu relacionamento. Mas, enquanto nos encontramos envolvidos, como você sabe se é atração física ou sentimento verdadeiro? Leia conosco e descubra qual a diferença entre amor e paixão. Vamos lá!

Como nasce o amor?

Qual a diferença entre amor e paixão?
Qual a diferença entre amor e paixão: como nasce o amor?

Para começar a entender melhor qual a diferença entre amor e paixão, pode ser útil saber qual é o processo que leva ao nascimento de um relacionamento romântico. Na verdade, há uma série de fases que um casal pode vivenciar, mas como cada relação é única e especial, isso não significa necessariamente que deva seguir todas as etapas ou, em todo caso, percorrê-las da mesma maneira. Veja:

  • Digamos que geralmente o primeiro gancho que leva duas pessoas a se atraírem é a paixão, onde prevalece a atração física, o desejo de contato sexual, a paixão erótica. Há uma grande vontade de agradar o outro/a depois de tentar tirar o melhor de si, deixando os defeitos bem escondidos e também o parceiro é visto através dos “óculos rosa”, idealizando-o e o vendo “perfeito”. É aqui que a paixão se torna protagonista, perturbando o coração e os sentidos, fazendo-nos vivenciar sentimentos fortes, avassaladores e instintivos;
  • Pouco depois, ou quase simultaneamente, a intimidade do casal é alimentada pelo desejo de conhecer melhor o parceiro. Então conversamos muito mais e o diálogo se aprofunda. É uma fase em que, no entanto, inconscientemente, a pessoa continua mais focada em si mesma do que no outro, pois há o desejo de satisfazer a necessidade de se sentir desejado e cheio de afeto;
  • A terceira fase é a diferenciação, um momento crucial que pode decidir o destino de um relacionamento amoroso. Por que? Aqui se joga a máscara, caem as idealizações do outro e se mostra o que é, inclusive defeitos e fragilidades. Mas se, além da atração física, você realmente nutre sentimentos pela outra pessoa e, portanto, há uma afetividade real, a paixão se transforma em amor.

Qual a diferença entre amor e paixão?

Qual a diferença entre amor e paixão?
Afinal, qual a diferença entre amor e paixão?

Qual a diferença entre amor e paixão? Saber se é apenas atração ou se há sentimentos profundos em jogo nem sempre é fácil, nós sabemos disso. Porque a atração física é confusa e sobreposta e o amor, por serem tão intenso e forte, pode acontecer a qualquer pessoa. Para lhe dar uma mão pode haver 5 sinais que podem identificar se o que você está sentindo é apenas uma paixão ou amor verdadeiro. É amor e não apenas atração se:

  1. Qual a diferença entre amor e paixão? No caso de amor, você quer o melhor para o seu parceiro. Quando você ama sério, não se coloca mais diante de toda a sua realização pessoal, mas do bem do outro. O egoísmo é mantido sob controle e tentamos apoiar e fazer felizes aqueles que estão ao nosso redor, sem necessariamente receber o mesmo em troca. Em suma, deixamos a lógica em que o parceiro só é digno de amor se atender às nossas necessidades, satisfazer nosso desejo e nossa necessidade de posse e controle;
  2. É construído ao longo do tempo, graças à cumplicidade, afetividade, intimidade e compreensão. O amor surge dia após dia, lentamente, ao contrário da paixão que aparece de repente, em uma explosão de sentimentos e impulsos que podem oprimir e fazer você enlouquecer;
  3. Qual a diferença entre amor e paixão? Se for amor, você também gosta das falhas do parceiro. Você não o vê mais com olhos sinceros, que o remetem a uma versão idealizada e irreal. Quando você ama alguém e não sente mais apenas atração física, também acolhe suas fraquezas, seus lados mais angulosos, sem querer mudá-los. Em suma, você o aceita pelo que é e nenhum julgamento é ativado, mas muita empatia e compreensão;
  4. As estratégias não são mais feitas. Quando existe apenas amor físico, focamos no corpo, no desejo, na excitação e no desejo de alguma forma ter controle sobre o parceiro, através de “truques”. O amor é diferente, onde a pessoa não tem mais medo de mostrar sua emocionalidade e vulnerabilidade. Então, para criar uma maior conexão emocional e intimidade, a guarda é baixada e o parceiro pode nos conhecer de verdade e sem filtros;
  5. Qual a diferença entre amor e paixão? Se foi amor, torna-se mais intenso com o tempo. Com o passar dos dias, o apego e o afeto aumentam e se tornam mais profundos e sólidos. Por outro lado, a atração física, justamente por ser movida por um desejo intenso, pode se esgotar rapidamente com o tempo, extinguindo-se mesmo após uma única noite de paixão.

Agora que já sabe qual a diferença entre amor e paixão, pode identificar o que está sentindo pela pessoa que tanto gosta. Conte para nós aqui abaixo nos comentários: é amor ou paixão? Até a próxima!