Melhores cachorros para espaços pequenos – Confira 4 raças!

Melhores cachorros para espaços pequenos
Pets,

Melhores cachorros para espaços pequenos – Confira 4 raças!

Os melhores cachorros para espaços pequenos são raças conhecidas pelos brasileiros, até mesmo muito presentes na grande maioria das famílias aqui de nosso país. Cães de pequeno porte são aqueles com peso médio inferior a 8 kg, característica que os torna mais fáceis de manejar, pois precisam de menos espaço, não requerem muito dinheiro para seus cuidados e são mais confortáveis para carregar.

Na verdade, ao contrário dos cães maiores, os cães pequenos são geralmente aceitos em locais públicos, hotéis e meios de transporte de longa distância, como trens e aviões. Excelentes para a guarda, têm uma personalidade muito forte (são afetuosos e inteligentes, mas também teimosos e alguns mal humorados), gostam de se mexer e costumam viver bastante.

No entanto, eles são muito exigentes, especialmente os menores (ou seja, aqueles com peso inferior a 3 kg, como o Chihuahua), que são particularmente delicados e precisam de atenção e cuidados constantes. Aqui está uma breve visão geral dos melhores cachorros para espaço pequeno. Leia conosco, vamos lá!

1. Chihuahua

Melhores cachorros para espaços pequenos
Chihuahua

O Chihuahua é originário da região homônima do Norte do México, onde se acredita que já existia na época dos Astecas. É a menor raça do mundo, muito conceituada como companhia e animal doméstico.

Características físicas

Chihuahuas tem uma altura média de cerca de 20 centímetros e um peso entre 1,5 e 3 kg. O físico é compacto e robusto, geralmente com cabelos curtos de vários tons. O crânio é proporcional, de forma redonda, com orelhas grandes e bem espaçadas voltadas para fora.

Caráter

Atencioso, muito animado, muito inteligente e com uma grande memória. Apesar do tamanho, o Chihuahua é corajoso e independente. Porém, é um cão muito sensível, que demonstra entusiasmo ou nervosismo por meio de fortes tremores.

Ambiente ideal

Apartamento. Apesar disso, pode ser naturalizar tranquilamente em um espaço maior, como uma casa com grande pátio. Além dessas informações, é importante lembrar de que seu latido pode ser um pouco estridente, o que pode acarretar problemas em apartamentos.

É o cão ideal para

Famílias ou proprietários individuais, em virtude da sua adaptabilidade. Ele adora ser mimado, mas não se deve ser indulgente demais, pois se corre o risco dele se tornar egoísta e incontrolável.

2. Cocker Spaniel

Melhores cachorros para espaços pequenos
Cocker Spaniel

Pertencente à família dos Spaniels. O Cocker Spaniel serviu originalmente como assistente de falcoeiros e mais tarde como cão de caça. Hoje é ideal como suporte para pessoas com deficiência física ou deficientes auditivos.

Características físicas

Tem altura média de 40 cm e peso entre 12 e 15 kg. O corpo é muito forte, compacto e com o crânio bem desenvolvido. Possui focinho quadrado com orelhas caídas e pelagem longa, plana ou ligeiramente ondulada, com franjas e subpelo espesso.

Caráter

O Cocker Spaniel é alegre, amigável, afetuoso, brincalhão, amante de companhia. Ele é muito leal ao seu mestre.

Ambiente ideal

Vida familiar, de preferência em uma casa de campo. Ele não gosta de rancores e maus tratos, por isso a convivência com os filhos, embora não seja desaconselhada, deve ser mantida sob controle. Extrovertido e doce, o Cocker Spaniel, no entanto, requer muita atenção, bem como muito movimento e cuidados regulares.

É o cão ideal para

Um dono sociável e ativo que procura uma relação próxima com o cão e com tempo disponível para se dedicar a ele. Não é adequado para quem trabalha muito fora de casa, mas sim para idosos ativos, pois é um cão que sofre de ansiedade de desempenho.

3. Pinscher Anão

Melhores cachorros para espaços pequenos
Pinscher Anão

O penúltimo da nossa lista de melhores cachorros para espaços pequenos é o Pinscher Anão. A origem do Pinscher Anão remonta ao século XVI. É um cão muito ativo e alerta, com uma atitude semelhante a uma criança curiosa, imprudente e um tanto mandona.

Caso não for supervisionado e educado corretamente, esse temperamento o leva a se tornar um pequeno mandão. Além disso, sua desconfiança inata deve ser mitigada com intensa socialização para que não leve à agressão de estranhos e até mesmo conhecidos quando se sente ameaçado.

Características físicas

Tem altura média de 30 cm e peso entre 4 e 5 kg. Tem um focinho curto e fino com orelhas grandes e uma pelagem dura e brilhante que se ajusta ao corpo. Pequeno, compacto, bem proporcionado, caracterizado por um andar sinuoso e uma aparência requintada, o Pinscher Anão é um cão muito elegante, quase como um Doberman Miniatura, embora não tenha qualquer ligação com esta raça.

Caráter

Dinâmico, alerta, tendencialmente dominador, ativo, enérgico, corajoso e curioso. Esses recursos o tornam ótimo para cão de guarda. Além disso, ele é um cão leal e afetuoso.

Ambiente ideal

Apartamento na cidade ou casa de campo, desde que sempre bem aquecido já que, devido à sua pelagem fina, o Pinscher Anão sofre com o frio. Também é adequado para famílias com crianças, mas elas devem tratá-lo com cuidado, pois pode morder se for provocado.

É o cão ideal para

Um dono confiante e experiente, capaz de lidar com uma raça tão viva, que necessita de companhia e supervisão. Na verdade, o Pinscher Anão tende a fugir e, portanto, sempre deve ser cuidado com atenção.

4. Yorkshire Terrier

Melhores cachorros para espaços pequenos
Yorkshire Terrier

Por fim entre as melhores raças de cachorro para espaço pequeno, temos o Yorkshire. Originário do condado de Yorkshire, Inglaterra, onde foi usado como caçador de ratos ou como garimpeiro em minas de carvão. Apesar do tamanho pequeno, o Yorkshire tem todas as características do Terrier.

Características físicas

Tem altura média de 22 cm e peso entre 2 e 4 kg. O cabelo é quase totalmente desprovido de subpelo, enquanto a pelagem superior, longa e rica em gordura, tende a formar nós permanentemente.

Por isso é um cão que deve ser cuidado regularmente, sendo levado ao pet para uma limpeza profunda ao menos uma vez por semana. Essas características o tornam inadequado para pessoas que são sensíveis aos pelos de cachorro ou sofrem de asma.

Caráter

Animado, ativo e fiel. É ótimo para guarda, caça e companhia em geral. Sua disposição exuberante exige constante exercício e atividade mental. Ele pode ficar agressivo com cães maiores.

Ambiente indicado

É um exímio cachorro pequeno para apartamento (mas, requer saídas e muitas atividades físicas) ou casa de campo (onde, no entanto, deve ser bem vigiado, pois tem tendência para perseguir animais selvagens).

É o cão ideal para

Um dono adulto ou uma família atenciosa, de preferência com crianças mais velhas porque pode morder se for provocado ou manipulado bruscamente. Por exigir atenção e movimento constantes, o Yorkshire Terrier também é adequado para pessoas idosas, desde que tenham um estilo de vida ativo. Até a próxima!