Trem Bala – Como funciona e qual velocidade pode atingir?

Trem Bala
News,

Trem Bala – Como funciona e qual velocidade pode atingir?

Um Trem Bala é um trem, conforme o próprio nome indica, mas que viaja em uma velocidade acima da média em relação aquilo que conhecemos como algo comum. No Japão, por exemplo, o famoso trem bala “Shinkansen” é um dos principais meios de locomoção da população.

Isso porque a sua velocidade garante que trajetos que anteriormente, em viagens de carro que demorariam 1 hora, possam ser feitos em menos de 20 minutos através de rotas diárias. Leia com a gente e conheça mais detalhes sobre o Shinkansen, o Trem Bala japonês. Vamos lá!

O que é um Trem Bala?

O Que é Um Trem Bala
O que é um trem bala?

Mas afinal, o que é um Trem Bala? O termo Shinkansen é comumente traduzido como “trem bala” e se refere aos trens especiais das ferrovias japonesas que ligam as principais cidades do Japão em linhas dedicadas a velocidades acima da média.

O apelido de “trem bala” se deve à velocidade e à semelhança do projeto da primeira locomotiva com o formato de uma bala.

O primeiro trem bala, da linha “Tokaido Shinkansen”, conectava as principais cidades da economia japonesa, Tóquio, Nagoya e Osaka, em 1964 (ano das primeiras Olimpíadas de Tóquio).

Desde então, cerca de 5,6 bilhões de pessoas já percorreram essa rota, que é apenas uma das linhas atuais de trem bala no país e, atualmente, a linha de alta velocidade mais utilizada no mundo.


Qual a velocidade máxima alcançada por um trem bala?

Mas, e quanto um trem bala como esses pode atingir em termos de velocidade? Os trens bala atingem uma velocidade máxima que varia de 240 a 320 km/h, dependendo do modelo e do tráfego.

Os trens da referida linha “Tokaido Shinkansen” atingem no máximo 285 km/h. Esses trens foram testados em velocidades superiores (até 443 km/h), mas sua velocidade de serviço não ultrapassa a estabelecida pelas empresas.

Eles estão atualmente passando por testes de levitação magnética para a linha Chuo Shinkansen: esses trens parecem viajar a uma velocidade de cerca de 500 km/h, reduzindo pela metade o tempo de viagem entre Tóquio e Osaka.

Como funciona a tecnologia de um trem bala?

Mas, e como funciona a tecnologia de um trem bala japonês como esses modelos que citamos? Como pode um veículo “comum” alcançar uma velocidade tão alta e ainda sim oferecer segurança aos passageiros? Leia e entenda”

Design de vanguarda

A tecnologia utilizada para a construção de trens bala é extremamente avançada e diz respeito tanto à possibilidade de atingir altas velocidades quanto à capacidade de manter altos padrões de segurança e conforto.

Isso também envolveu o projeto e construção de linhas de via dedicadas ao uso exclusivo de trem bala, com curvas tão limitadas quanto possível, preferindo túneis e viadutos ao caminho de prevenção de obstáculos usual em uso para linhas ferroviárias convencionais.

Pistas especiais e sistemas de controle automático

Para melhorar o conforto a bordo e reduzir as vibrações devido à passagem rápida dos trens, os trilhos das linhas de trem bala são uma combinação de trilhos lastreados e pavimentados, reforçados com concreto nas seções de túneis e viadutos.

Os trens possuem um sistema de controle automático de trens que confia cada passagem a um sistema de controle de tráfego centralizado, ou seja, um sistema ferroviário totalmente computadorizado.

Atraso médio diário de trens bala

Também graças ao fato de que, como mencionado, os trens bala viajam em trilhos dedicados e, portanto, menos sujeitos ao tráfego regular, o atraso médio registrado anualmente nesses trens é incrível: menos de 1 minuto por trem, por dia.

Este cálculo médio também inclui atrasos devido a causas naturais e desastres climáticos.

Tipos de Trem Bala “Shinkansen”

Tipos De Trem Bala Shinkansen
Tipos de trem bala Shinkansen

Mas, e quais são os tipos de “Shinkansen” os famosos trem bala japoneses? Atualmente, existem 3 tipos diferentes desse trem bala famoso que todo mundo conhece. Abaixo especificamos quais são eles, leia com a gente!

Kodama

Os trens Kodama são os mais lentos na rota Tokaido Shinkansen, que conecta as três principais áreas metropolitanas de Tóquio/Yokohama, Nagoya e Osaka/Kyoto. Os trens Kodama param em todas as estações da linha, levando aproximadamente 4 horas para conectar Tóquio e Osaka.

Sua frequência é de cerca de 2 trens por hora em cada direção, com trens completamente não reservados nos horários de pico.

Hikari

Os trens Hikari são os segundos mais rápidos na linha citada anteriormente, conectando Tóquio e Osaka em 3 horas.

A frequência dos trens Hikari é de 2 partidas por hora em cada direção, uma operando entre Tóquio e Osaka e a outra entre Tóquio e Okayama para a linha Sanyo Shinkansen.


Nozomes

Por fim, temos os trens Nozomi, que são os mais rápidos na linha que conecta Tóquio e Osaka, com um tempo de viagem de 2,5 horas.

Há menos estações do que os outros dois trens, mas são mais frequentes: 4 trens por hora em cada sentido, com maior frequência nos horários de pico.

Muitos trens Nozomi continuam operando após Osaka para Hiroshima e Hakata na linha Sanyo Shinkansen.

Tem Trem Bala no Brasil?

Falamos muito sobre o Shinkansen ´japonês e até mesmo sobre as linhas que o mesmo opera, mas e o no Brasil, quando sai um trem bala como esses? Apesar do projeto de um trem bala ligando as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro já ser antigo, nada mudou.

Ainda não há um trem bala operando no Brasil, onde o mesmo é chamado de TAV (Trem de Alta Velocidade). Porém, há um projeto estudando a viabilidade de implementação do TAV no Rio Grande do Sul, ligando a cidade de Porto Alegre a Serra Gaúcha em cerca de minutos, viagem essa que dura cerca de 3hs em meios de locomoção comuns.

E então, o que achou de conhecer mais sobre o trem bala? Deu vontade de andar em um desses? Ficou alguma dúvida sobre o conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!