Conecte-se conosco

Escândalos

O estado de Minas – Militar suspeito de envolvimento em assassinatos no Serra morre na cadeia.

Publicados

em



cabo Fábio Oliveira, suspeito de envolvimento nos assassinatos de Renilson Veriano da Silva, que completaria 40

Equipes da Polícia Civil chegam ao prédio do 1º Batalhão da Polícia Militar

anos nessa segunda-feira, e Jeferson Coelho da Silva, o Jefinho, de 17, no Aglomerado da Serra, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, morreu na manhã desta sexta-feira.
Há 23 anos na Polícia Militar, cabo Fábio de Oliveira deixou uma filha de 14 anos e um filho de 21

A informação foi confirmada pelo tenente-coronel Alberto Luís.
Segundo o militar, Fábio, que era comandante da guarnição envolvida no caso, estava preso no 1º Batalhão e teria se enforcado com o cordão da calça. Ele e mais três militares foram presos na quarta-feira. A Justiça Militar acatou o pedido do presidente do inquérito policial militar (IPM), Rinaldo Azevedo, que entrou com uma representação na Justiça pedindo a prisão deles. Os militares foram ouvidos na corregedoria da PM, e já saíram de lá presos.

O laudo de necropsia das mortes no Aglomerado aponta que as vítimas foram atingidas no peito por dois disparos cada uma. Os tiros foram de de grosso calibre e disparados de curta distância.

Permanecem presos em outros batalhões os demais suspeitos: o soldado Jason Ferreira Paschoalino, no 36º Batalhão (Vespasiano), Jonas David Rosa, no 39º BPM (Contagem), e Adelmo de Paula Zucheratti, no 5º BPM (Gameleira, Região Oeste de BH).

FOnte: O Estado de Minas (Jornal da localidade), Hoje em dia(Jornal local)

Comentários via Facebook

Leia também

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *