MPE diz que modelo que matou designer de interiores Flavius Lessa Braga praticou homicídio duplamente qualificado.

Modelo Frederico Safadi confessou ter matado Flavius Lessa (Foto: Divulgação)
O Ministério Público Estadual (MPE) pede que a Justiça condene o modelo Frederico Safadi por homicídio duplamente qualificado. Ele confessou para a Polícia Civil que matou o designer de interiores Flavius Lessa Braga, de 47 anos, no dia 4 de março. Para o órgão, a ação foi cruel e sem chance de defesa da vítima.

Mesmo sendo noticiado na imprensa, o promotor Alfredo Gaspar de Mendonça informou que o MPE não trabalha com a possibilidade de participação de uma terceira pessoa neste crime. Apenas um exame de DNA foi pedido para confirmar que o sangue encontrado no banco do veículo onde Flavius Lessa era de Safadi. Um adolescente foi apreendido dias depois sob a mesma acusação.

A reportagem de O JORNAL entrou em contato com a delegada Sheila Carvalho, da Delegacia de Homicídios, para saber se existiu no inquérito a investigação sobre a hipótese de uma terceira pessoa estar envolvida. A delegada negou e ainda disse que vai aguardar quais os procedimentos que serão adotados pelo Ministério Público daqui por diante.

O juiz José Braga Neto, da 8ª Vara Criminal, é quem vai dar sequência ao processo

FOnte:O JORNAL de Alagoas




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *