UOL – Funkeira Verônica Costa é acusada de tortura pelo marido no Rio

Atualidades,

UOL – Funkeira Verônica Costa é acusada de tortura pelo marido no Rio

O marido da ex-vereadora e funkeira Verônica Costa está internado no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) do

Verônica Costa, conhecida como "Mãe Loura do Funk"

Hospital Pasteur, no Méier, na zona norte do Rio. Márcio Giovani Costa está com queimaduras de segundo grau.

Na noite de terça-feira (22), Márcio procurou a polícia e afirmou que foi torturado pela mulher e por parentes dela por mais de 20 horas. O caso foi registrado na 42ª DP (Recreio).

Ele afirmou que, por causa de suspeita da família de que estaria traindo Verônica, teve as mãos amarradas e olhos vendados. Disse ainda que jogaram produto químico nos seus olhos e no corpo.

No entanto, Verônica Costa, conhecida também como “Mãe Loura do Funk”, afirma que o marido já apareceu com ferimentos na casa onde moram. Segundo a ex-vereadora, Márcio teria criado a história de tortura após ela se recusar a dar R$ 100 mil.

“Estamos juntos há 10 anos. Tento cuidar dele. O Márcio tem essas crises. Ele chegou todo arrebentado, pedindo o dinheiro e dizendo que precisava pagar alguns ‘caras’ senão ele iria morrer. Ainda falei para a gente ir até a polícia, mas ele não quis”, disse Verônica à Folha.

Verônica Costa afirmou que não foi intimada, mas que deve comparecer à delegacia nos próximos dias. Ela nega que esteja foragida.

No ano passado, ela acusou Márcio de agressão e registrou o caso na Delegacia da Mulher, em Jacarepaguá. Na época, Verônica afirmou que o seu marido tinha apontado uma pistola contra ela.