news

Incêndio destrói apartamento em prédio de 30 andares na cidade de Curitiba – PR

Apartamento de músicos é destruído pelo fogo no JuvevêBombeiros agiram rápido para evitar que fogo se alastrasse para o restante do prédio de 30 andares

Rodrigo Bialli e Sidney Alves
Um incêndio de grandes proporções assustou os moradores do Edifício Malibu, na rua Marechal Hermes, bairro Juvevê, em Curitiba, por volta de 2h30 da madrugada desta quinta-feira (24). Uma cortina de fumaça tomou conta do prédio e obrigou os moradores a deixarem o local.

As chamas começaram dentro do quarto em um apartamento que fica no 4º andar do edifício e se alastraram por todo o imóvel. Agindo rápido, o Corpo de Bombeiros (CB) conseguiu evitar que as labaredas atingissem o restante do prédio de 30 andares. Ao vasculhar as dependências do local, os homens encontraram apenas dois gatos, que foram logo devolvidos ao proprietários. “Eu achei que estava tudo desabando. Fui até a janela e o fogo quase pegou na minha cara”, relatou Marcelo Lencio, morador do 5º andar, em entrevista à Banda B. Ainda de acordo com Lencio, a cortina de fumaça causou pânico entre os condôminos.

Ao levantar informações no local, a reportagem da Banda B descobriu que os proprietários do apartamento seriam dois músicos. De acordo com um dos moradores, que não teve a identidade divulgada, no cômodo consumido pelas chamas havia vários instrumentos musicais, todos completamente destruídos pelo fogo.

Segundo o capitão Moreira do CB, o fogo pode ter começado depois que o sistema de isolamento térmico do ambiente destinado à aparelhagem de som ficou sobrecarregado, porém, somente a perícia poderá precisar com exatidão as causas do incêndio. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Fonte: Banda B AM a unica a mandar alguem pro lugar do incidente.



Comments

  1. Engano seu Valéria… Houve perícia sim! Procure se interar e seja um pouco mais preocupada com o próximo. O que aconteceu, poderia ter acontecido com vc. Imagine perder tudo o que vc tem, ficando apenas com a roupa do corpo.

  2. Ninguém tentou abafar nada…….ao contrário adorariamos saber qual foi a verdadeira causa do incêndio para podermos evitar um novo episódio lamentável como este……..riscos para todos…..prejuízo para alguns……..a perícia foi reqalizada mas se até incêndios em aviões onde são gastos milhões de dólares para saber a causa e origem do incêndio na maior parte das vezes resta inconc lusivo imagine neste caso onde o incêndio nem foi (não havia como ser) criminoso……..

  3. A falta de informação sobre o caso é enorme, tão grande quanto a falta de solidariedade. Não moravam 2 músicos no local, e sim 1. Não havia isolamento acústico no quarto que pegou fogo. Ninguém nunca cogitou a causa do acidente ter sido sobrecarga de equipamentos. Não havia metanol no quarto. Houve perícia e foi constatado que a causa foi uma televisão antiga. Valéria, espero que um dia você precise da compaixão dos outros e sinta a vergonha de ser um ser humano que eu sinto ao ler as suas declarações.

  4. Compaixão é uma coisa senso de justiça é outra muito diferente !!! Posso sentir compaixão , porém exigir esclarecimento !!! Não se confundam e se escondam atrás de frase feita, por favor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *