Menino baleado é a única vítima da chacina em escola do Rio em estado grave. #realengo

Home » News » Menino baleado é a única vítima da chacina em escola do Rio em estado grave. #realengo

By nesqueci on 11 de Abril de 2011. No Comments

Nove das 10 vítimas do atirador que invadiu a escola Tasso da Silveira, em Realengo, na última quinta-feira, apresentam melhora no quadro de saúde, informou nesta segunda-feira a Secretaria de Saúde do Estado do Rio. O único caso grave é o do rapaz de 13 anos baleado no olho direito que se recupera do pós-operatório de neurocirurgia, no Hospital Estadual Pereira Nunes, no bairro de Saracuruna. Ele está sedado e respira com ajuda de aparelhos.

Outra vítima, também de 13 anos está internada nessa instituição. Atingida no abdômen e na coluna, ela foi operada na quinta-feira e respira espontaneamente. Os dois permanecem internados no CTI Pediátrico.

O adolescente de 14 anos internado no Hospital Alberto Torres que sofreu lesão vascular grave no ombro direito está lúcido e reage bem ao pós operatório, mas ainda não tem previsão de alta, de acordo com a Secretaria de Saúde.

No Hospital Albert Schweitzer, uma das vítimas do massacre na Escola Tasso da Silveira, que está com uma fratura no antebraço e tem 13 anos, passa bem, mas segue em observação.

Um menino de 14 anos, baleado no abdômen e na mão, está consciente, mas ainda respira com a ajuda de aparelhos. O estado é regular, com melhora clínica, e ele permanece sob cuidados intensivos. Um menino de 12 anos baleado no abdômen recupera-se bem do pós-operatório e respira espontaneamente, mas ainda não tem previsão de alta.

No Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia estão internadas duas vítimas do atirador e ambos estão estáveis. Um rapaz, de 13 anos, baleado no braço, está se recuperando bem da cirúrgica. Uma menina de 13 anos baleada nas mãos também passa bem, após cirurgia, e está em observação.

No Hospital Universitário Pedro Ernesto, o rapaz baleado na perna e no braço encontra-se estável e evolui bem.

No Hospital da Polícia Militar, um menino de 14 anos baleado na cabeça, mão e clavícula passa bem após a cirurgia realizada na quinta-feira.

O ataque

Wellington Menezes de Oliveira entrou armado na quinta-feira na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, zona oeste do Rio de Janeiro, por volta das 8h. Segundo testemunhas, ele chegou a conversar com professores e alunos e, em seguida, começou a atirar.

Uma das crianças conseguiu escapar e pediu ajuda a policiais militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV) que davam apoio a uma blitz nas proximidades da escola, na Rua Piraquara. Ao chegar ao local, um policial atirou na perna do criminoso e pediu que ele largasse a arma. O homem caiu baleado e, ao ser rendido, atirou contra a própria cabeça.

Fonte:Click RBS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *