Em Belo Horizonte (MG) – Rapaz que matou manicure na frente do filho segue desaparecido.

Home » News » Em Belo Horizonte (MG) – Rapaz que matou manicure na frente do filho segue desaparecido.

By nesqueci on 8 de Maio de 2011. No Comments

Na data comemorativa dos Dias das Mães a manicure Mirian Aparecida Oliveira de Franca, de 21 anos, não pode celebrar ao lado do filho de 4 anos. Na madrugada deste domingo, a jovem foi morta com vários tiros na frente do menino. A criança, mesmo em estado de choque, conseguiu narrar os detalhes do assassinato, lembrança que carregará por toda a vida e que será revivida sempre no mesmo período. O homicídio aconteceu na casa onde Mirian e o filho viviam com parentes, na Rua Jaboatão, no Bairro Vila Nova Gameleira, na Região Oeste de Belo Horizonte.

O suspeito pela morte da manicure é o ex-namorado dela. De acordo com a Polícia Militar, a motivação do crime seria passional. Parentes e vizinhos da jovem informaram aos militares do 5º Batalhão que o rapaz, conhecido como Joninha, de 18 anos, que também mora no aglomerado, estava inconformado com o fim do relacionamento. Neste domingo, ele, foi atrás da vítima. Por volta das 5h30, invadiu a casa onde a ex-namorada morava com o filho e dois irmãos, e armado a surpreendeu no corredor.

De acordo com o sargento Glaidson Braga Ventura o filho da vítima dormia e acordou com o barulho do primeiro tiro. O menino se levantou e viu a mãe correndo baleada em direção ao quarto e o ex-namorado atrás dela, atirando. Depois de matar a manicure o rapaz fugiu. “Foram disparados cinco tiros na cabeça da Mirian e um nas costas. Ela já caiu morta no quarto. O menino ao ver a mãe sangrando no chão tentou acordá-la. Em seguida correu para a rua chorando, com a roupa coberta pelo sangue da mãe e vizinhos o ajudaram”, contou o policial.

Um tio do menino, o gerente de restaurante Paulo Henrique de Oliveira Franca, 25, que mora em uma casa perto do local onde a irmã foi assassinada, contou que vizinhos ligaram para ele, informando sobre o que havia acontecido. “Corri para lá e quando cheguei minha irmã já estava morta e meu sobrinho em estado de choque. Logo depois os policiais militares também chegaram. A Mirian e o menino estavam sozinhos em casa quando tudo aconteceu”, informou Paulo Franca.

Segundo ele, as poucas informações sobre o namoro da irmã é que foram poucos meses. O rapaz era bastante ciumento e que Mirian teria colocado um ponto final no relacionamento há cerca de uma semana. Porém, desde o rompimento, o jovem ficava atrás da vítima tentando voltar, mas ela estava decidida a manter a decisão. Vizinhos lamentaram a morte da jovem, afirmando que ela era esforçada e vivia em função do filho. A criança ficou aos cuidados dos tios.

Testemunhas informaram à PM, que o rapaz suspeito de matar a jovem tem envolvimento com o tráfico de drogas e outros crimes no bairro. Policiais militares e agentes da Polícia Civil estiveram na casa onde ele mora, no Beco João Pinto, mas não o encontraram. O assassinato da manicure será investigado pela Delegacia de Homicídios Oeste. O corpo da jovem foi enterrado nesta tarde no Cemitério da Paz.

Fonte: Jornal O EStado de Minas


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *