news

Preso suspeito de revender doações de vítimas da chuva na serra.

Homem compraria produtos de instituição sem fins lucrativos em Petrópolis.
Ele foi preso pelo crime de receptação; prisão pode variar de 4 a 8 anos.

Do G1 RJ

imprimir A polícia prendeu, nesta quarta-feira (27), um suspeito de revender mercadorias doadas às vítimas da chuva na Região Serrana do Rio. Segundo os agentes da 44ª DP (Inhaúma), responsáveis pela prisão, o homem contou que comprava água e produtos de higiene e limpeza de uma pessoa que trabalhava na Cruz Vermelha, em Petrópolis.

Procurada pelo G1, a Cruz Vermelha de Petrópolis informou que está apurando o caso.

Além de Petrópolis, outras cidades foram afetadas pelas chuvas de janeiro. O temporal deixou mais de 900 mortos e milhares de desabrigados. O homem teria confessado à polícia que revendia os produtos desde a tragédia.

1.800 litros de água
A polícia informou que, em depoimento, o homem disse que pagava R$ 0,50 por cada garrafa de 1,5 litro de água e revendia pelo dobro do preço a padarias e mercearias. Os agentes encontraram na casa do suspeito 1.800 litros de água. O material estava estocado em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Ainda de acordo com a polícia, ele contou que outras pessoas participavam do esquema de compra e venda ilegal de doações. Os agentes estão à procura do acusado de desviar os produtos doados à Cruz Vermelha.

O homem preso nesta quarta -feira foi autuado pelo crime de receptação e a pena pode variar de quatro a oito anos de prisão.

Fonte:G1 RJ




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *