Conecte-se conosco

Internacional

Polícia de três países continua buscando as gêmeas desaparecidas

Publicados

em

Polícia de três países continuam buscando as gêmeas desaparecidas.

GENEBRA — Policiais da França, Suíça e Itália intensificaravam seus esforços nesta segunda-feira para encontrar duas irmãs gêmeas de seis anos desaparecidas há mais de uma semana depois do suicídio e seu pai (Matthias Kaspar Schepp, 43), que as havia sequestrado.

A polícia suíça percorreu de helicóptero o Lago Leman numa tentativa de encontrar as gêmeas Livia e Alessia.

“Ao contrário das informações difundidas no domingo, a polícia não recebeu por ora nenhum testemunho da presença das gêmeas na Suíça, França ou Itália desde 30 de janeiro, às 13H00, quando se encontravam em Saint Sulpice (cantão de Vaud, oeste da Suíça), perto do domicílio do pai”, informou a polícia suíça em um comunicado.

Esta vasta operação internacional, chamada “Operação Gemelle” (gêmeas em italiano) levou os investigadoers do sudoeste da Suíça a Apulia, na Itália, passando por Marselha e Córsega na França.

As duas meninas foram sequestradas em 30 de janeiro por seu pai, que, se suicidou em 3 de fevereiro jogando-se sob um trem na estação de Cerinola (sul da Itália).

As gêmeas viviam alternadamente com o pai e a mãe que morava em Lausanne com sua mãe (Irina Lucidi, 44 anos)  que estavam separados.

Comentários via Facebook

Leia também

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *