Conecte-se conosco

News

G1-RJ – Polícia investiga espancamento de jovem em festa de carnaval no RJ

Publicados

em

Agentes da 118ª DP (Araruama) investigam as causas do espancamento de um jovem de 24 anos ocorrido na madrugada de segunda-feira (7) na Praça da Pontinha, em Araruama, na Região dos Lagos do Rio, onde era realizada uma das festas de carnaval da cidade.

De acordo com o delegado Clovis Souza Moreira, a vítima sofreu diversos golpes de cassetete durante uma briga generalizada que aconteceu durante o evento. Ele teve lesões em várias partes do corpo, principalmente na cabeça e foi levado por amigos para o Hospital Regional de Araruama. Ainda não há informações sobre o estado de saúde da vítima.

Ainda segundo Moreira, um dos amigos que estava com a vítima contou para a família do jovem que ele teria sido agredido por vários guardas municipais que faziam a segurança na praça. Um dos guardas é descrito como alto e forte, disse o delegado.

A Prefeitura de Araruama informou que as causas do incidente já estão sendo apuradas e as imagens de uma câmera localizada na praça já foram solicitadas. A prefeitura informou ainda que abriu um processo administrativo interno para apurar o fato. Caso fique comprovada a participação de guardas municipais, eles poderão até ser expulsos da corporação.

Polícia procura amigo que socorreu vítima

Nesta quinta-feira (10) os pais do jovem foram ouvidos. Em depoimento, a mãe contou que não queria que o filho fosse à festa. Segundo ela, a vítima já tinha um histórico de dependência química e havia saído de uma internação há pouco mais de 15 dias.

“Estamos em busca do amigo que levou o jovem para o hospital. Ele é a testemunha chave do caso para ajudar a identificar os agressores”, explicou o delegado Clovis Souza Moreira.

O delegado disse ainda que pediu à Secretaria de Segurança Pública de Araruama que apresentasse os guardas que estavam em serviço durante o evento na praça. De acordo com a Prefeitura de Araruama, a relação de guardas que trabalharam na festa já foi elaborada e será encaminhada para o delegado.

Fonte:

Comentários via Facebook

Leia também

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *