Conecte-se conosco

News

Em Curitiba – Balanço de mortes do final de semana.

Publicados

em

29 pessoas morreram de maneira violenta na região da capital.

Uma mulher ainda não identificada, morta a tiros em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, foi a última vítima de morte violenta registrada no IML (Instituto Médico Legal) neste fim de semana. Das 18h de sexta-feira até as 6h desta segunda-feira (11), foram 29 mortes de maneira violenta. Deste total, 16 pessoas foram assassinadas, 11 por arma de fogo, e oito morreram em acidentes de trânsito.

Esta última vítima foi encontrada por policiais por volta das 23h30 de domingo (10), no cruzamento entre as ruas Alvorada e Matinal, na região do bairro Guatupê. Moradores haviam acionado a polícia após ouvir disparos de arma de fogo. “Inicialmente nos foi passado que se tratava de um casal assassinado, mas no local encontramos somente o corpo da mulher. As marcas de tiro denotam que ela foi executada aqui”, relatou a aspirante a oficial Lopes do 17º Batalhão da Polícia Militar.

Poucas horas antes, outra equipe do 17º Batalhão havia encontrado o corpo de um rapaz assassinado por agressão em Fazenda Rio Grande, na RMC. A vítima, que aparentava entre 25 e 30 anos, estava caída na rua José Custódio dos Santos, uma via rural nas proximidades da BR-116. De acordo com o cabo Douglas da PM, o sangue no local e a escoriações no corpo da vítima davam a entender que ele havia sido arrastado antes de ser morto. Ambos os crimes devem ser investigados pelas Delegacias da Polícia Civil das respectivas cidades.

Exames complementares

O balando do fim de semana conta com dois corpos que chegaram ao IML e ainda necessitam de exames complementares para se constatar a causa da morte. Um dos casos é o de Carolina Paschoal, 31, encontrada morta num apartamento do bairro Batel. A residência pertencia ao namorado dela, um espanhol de 39 anos que trabalha como auditor de uma empresa de telefonia. Até a manhã desta segunda, a causa da morte ainda não havia sido divulgada.

Outras três vítimas que aparecem no balanço feito pelo instituto morreram de queda, suicídio e queimadura, respectivamente.

Fonte Banda B AM


Leia também

Continue Lendo

facebook comments:

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *