Delegacia de Repressão de Combate ao Crime Organizado é alvo de ação policial nesta segunda

A operação para combater policiais acusados de corrupção tem como alvo na manhã desta segunda-feira a Delegacia de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). O chefe de Polícia Civil, Alan  Turnowski, determinou a devassa do local após receber denúncias sobre envolvimento da equipe da unidade em extorsões contra empresários. A Draco teve as portas lacradas, no fim da tarde de domingo, a ação de analise de documentos e computadores vai começar às 8h.

O delegado Claudio Ferraz, responsável pela unidade, não quis se pronunciar sobre a decisão do chefe de Polícia. Ele foi nomeado pelo Secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, subsecretário da Contra Inteligência, na quinta-feira.

De acordo com  Turnowski, a decisão de fazer uma devassa na Draco foi comunicada a Beltrame, que já tinha ressaltado que quer fazer uma limpeza na Polícia Civil. Após a determinação do chefe de Polícia,  uma equipe da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) esteve no edifício, onde funciona a sede da unidade, no Centro do Rio, para lacrar a porta. A ordem é de que a Corregedoria Interna da Polícia Civil faça uma correição extraordinária na delegacia, antes de Ferraz passar o cargo ao delegado Fernando Capote.

http://www.sidneyrezende.com/noticia/121019+delegacia+de+repressao+e+combate+ao+crime+organizado+e+alvo+de+acao+policial



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *