Conecte-se conosco

Atualidades

Apesar do Google preferir homenagear o carnaval, “Hoje é o dia internacional da mulher”.

Publicados

em

Hoje celebra-se o centenário do Dia Internacional da Mulher, assinalado pela primeira vez em 1911.

O aniversário começou a ser marcado há vários dias em diferentes partes do Mundo. Organizações feministas polacas manifestaram-se pela igualdade de direitos, enquanto na Cidade do México mais de oito mil mulheres participaram, este domingo, numa maratona.

É a primeira vez que o dia é assinalado com a nova agência das Nações Unidas para as Mulheres em funções.

Quem puder faz um esforço e veja o vídeo feito pela Euronews, é metade em português de portugal metade em Inglês.

Entenda de onde veio a data comemorativa:

O Inicio:

O Dia Internacional da Mulher, celebrado a 8 de Março, tem como origem as manifestações das mulheres russas por “Pão e Paz” – por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada do seu país na Primeira Guerra Mundial. Essas manifestações marcaram o início da Revolução de 1917. Entretanto a ideia de celebrar um dia da mulher já havia surgido desde os primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas de mulheres por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto.

No Ocidente, o Dia Internacional da Mulher foi comemorado no início do século, até a década de 1920.

Na antiga União Soviética, durante o stalinismo, o Dia Internacional da Mulher tornou-se elemento de propaganda partidária.

Nos países ocidentais, a data foi esquecida por longo tempo e somente recuperada pelo movimento feminista, já na década de 1960. Na atualidade, a celebração do Dia Internacional da Mulher perdeu parcialmente o seu sentido original, adquirindo um caráter festivo e comercial. Nessa data, os empregadores, sem certamente pretender evocar o espírito das operárias grevistas do 8 de março de 1917, costumam distribuir rosas vermelhas ou pequenos mimos entre suas empregadas.

1975 foi designado pela ONU como o Ano Internacional da Mulher e, em Dezembro de 1977, o Dia Internacional da Mulher foi adotado pelas Nações Unidas, para lembrar as conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres, mas também a discriminação e a violência a que muitas delas ainda são submetidas em todo o mundo.

Hoje:

Na França

“O presidente francês questionou esta terça-feira a existência do Dia Internacional da Mulher, salientando que existem questões mais pertinentes, como a do emprego para homens e mulheres, pelo que o importante é concentrar-se no «essencial».

«O essencial é encontrar trabalho para homens e mulheres, uma possibilidade de promoção social para os dois», disse Nicholas Sarkozy. «O Dia da Mulher, sobre o qual há muito a dizer, quererá dizer que os restantes dias são do homem? Muito curioso. Francamente!», argumentou.

Segundo o chefe de Estado, «as mulheres têm um papel muito importante na sociedade» e a sua vida «é muito idêntica à dos homens». «Todas as mulheres desejam trabalhar, ser autónomas, mas não terão iguais aspirações para o seu filho como para a sua filha?», questionou Sarkozy.

A AFP indica, citando o Ministério do Emprego, que em França as mulheres ganham em média menos 27 por cento que os homens no privado e que a sua presença na classe política também é reduzida, com 18 por cento de eleitas no Parlamento.”
(A Bolapt)
Vale lembrar ao Sarkozy que não é porque tem um dia internacional do trabalho que os outros dias são da preguiça, o dia internacional da mulher é para refletir como tratamos as mulheres e analisar como anda a tão almejada igualdade. Não se tem um dia do homem porque nós temos direitos assegurados e temos mania de não nos preocuparmos com mais nada.

No Brasil

Hoje o dia da mulher disputa com o carnaval, que já vem sendo o ópio do povo brasileiro há muitas décadas, e no dia que você usaria para refletir a posição da mulher no Brasil, porque o Brasil é o 85° em igualdade entre os sexos perdendo até para comunidades africanas onde a economia não é nem de longe como a do Brasil, o povo se preocupa em celebrar a mulher como um pedaço de carne e não como indivíduo. E além do mais, elas não precisam de mais nada, afinal já têm até uma presidente no Brasil.( Pra quem não entendeu, a última frase foi uma crítica à ignorância brasielira).

Antes que me esqueça “FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER!”

Fontes:Wikipedia,Youtube e um poucod e opinião.

Comentários via Facebook

Leia também

Continue Lendo
1 Comentário

1 Comentário

  1. Principe Encantado

    8 de março de 2011 a 19:06

    Mulher…
    Força felina e manhosa
    Mulher frágil e poderosa
    Sobretudo

    Mulher…
    Um sopro de vida no mundo
    Alma do sonho e da dor
    És assim quase perfeita
    Perfeita dádiva do Criador…

    Abraços forte

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *