Conecte-se conosco

Internacional

Terra – Terremoto de 8,9 graus atinge litoral do Japão e gera alerta de tsunami.

Publicados

em

Um terremoto atingiu nesta sexta-feira a costa nordeste do Japão e gerou um alerta de tsunami, além de sacudir com força os edifícios em

Repórteres da agência Associated Press em Tóquio se abrigam debaixo de uma mesa ao sentirem tremor

Tóquio. De acordo com a Agência Geológica dos EUA (USGS), o abalo foi de 8,9 graus na escala Richter. No entanto, a Agência Meteorológica do Japão informou que o terremoto foi de de 7,9 graus. O tremor teria deixado várias pessoas feridas. O potente tremor, que sacudiu edifícios em Tóquio, foi seguido por duas réplicas, ambas de 6,4 graus, informou o USGS em seu site.

O terremoto teve epicentro no Oceano Pacífico, a 130 km da península de Ojika, e a uma profundidade de dez km, na mesma região onde há dois dias ocorreu um tremor de 7,3 graus que não deixou danos. O sismo ocorreu às 14h46 da hora local (2h46 de Brasília) e alcançou 7 graus na escala japonesa – o nível máximo.


A Polícia de Miyagi, uma das províncias afetadas, informou que há “vários feridos” na região devido ao terremoto, segundo a agência local Kyodo. A emissora de TV local NHK transmitiu imagens que mostram colunas de fumaça saindo de edifícios na ilha de Odaiba, na baía de Tóquio.

A Agência Meteorológica do Japão emitiu um alerta de alto risco de tsunamis, com ondas de até seis metros em Miyagi e de até três metros em Iwate, onde os habitantes que se encontram perto do litoral foram orientados a se dirigir para terrenos elevados.

A mesma recomendação foi lançada nas províncias de Fukushima, Ibaraki e Aomori, além da costa da província de Chiba, contígua a Tóquio. Na capital japonesa, o terremoto, um dos mais fortes dos últimos anos, disparou os alarmes dos edifícios e fez com que as pessoas saíssem assustadas às ruas, ao tempo que interrompeu as linhas de telefonia celular.

Terremoto paralisa trem-bala e aeroportos
Os serviços do “Shinkansen”, o trem-bala do Japão, e os dois aeroportos de Tóquio ficaram temporariamente paralisados após o terremoto. Segundo a agência Kyodo, o aeroporto internacional de Narita suspendeu temporariamente suas atividades para analisar se há danos nas pistas, enquanto o de Haneda, mais próximo ao centro, também fechou.

A rede do “Shinkansen”, que conecta as principais metrópoles, ficou suspensa nas regiões afetadas, enquanto as autoridades japonesas enviaram um avião das Forças Aéreas para avaliar os danos causados pelo tremor.

Duas usinas nucleares na província oriental de Fukushima, no litoral do Pacífico, também estão paralisadas pelo terremoto, que disparou os alarmes em grande parte do território japonês, incluindo Tóquio.

“Anel de fogo do Pacífico”
O Japão, situado no “anel de fogo do Pacífico”, sofre frequentes terremotos, que raramente causam vítimas devido às rígidas normas de construção vigentes no país.

Após o terremoto que ocorreu há dois dias, a Agência Meteorológica japonesa advertira que durante uma semana poderia haver réplicas, embora tenha sido estimado que a intensidade máxima seria de 4, pela escala japonesa.

http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI4984410-EI8143,00-Terremoto+de+graus+atinge+litoral+do+Japao+e+gera+alerta+de+tsunami.html

Comentários via Facebook

Leia também

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *