Pai de garotas que formam grupo de música clássica admite abuso de filhas

Internacional,

Pai de garotas que formam grupo de música clássica admite abuso de filhas

Brown admitiu prática de sodomia e abusos contra as filhas nos anos 1990.

O pai de cinco irmãos americanos que compõem um grupo musical chamado The 5 Browns admitiu, na última quinta-feira, ter abusado sexualmente de suas filhas quando elas eram crianças, relata a imprensa dos EUA.

Keith Scott Brown, de 55 anos, se declarou culpado perante uma corte de Utah, sob acusação de sodomia contra crianças e abuso sexual contra crianças nos anos 1990.

Ele vai a julgamento, que deve ser concluído em 31 de março. As penas para as acusações variam entre 15 anos de cadeia e prisão perpétua. Mas, segundo o jornal Salt Lake Tribune, um acordo pode reduzir a pena para entre dez e 15 anos de detenção.

O grupo The 5 Browns é composto pelas jovens Desirae, Deondra e Melody, que têm entre 32 e 26 anos, e seus irmãos, Gregory, 28, e Ryan, 24.

Todos frequentaram a prestigiosa escola de música Juilliard e já fizeram apresentações de música clássica e popular em diversos palcos dos EUA e em outros países. O pai foi empresário do grupo até 2008.

Na última quarta-feira, um porta-voz dos 5 Browns confirmou as acusações que recaem sobre o patriarca, de abusos contra as três filhas.

Denúncia

Grupo formado por 5 irmãos teve o pai como empresário até 2008.

Não está claro quem fez a denúncia contra Keith Brown. Nem o advogado de defesa nem a Promotoria confirmaram a origem das queixas, mas uma fonte próxima à família teria dito à revista US Magazine que as três filhas decidiram alertar as autoridades depois de descobrir que o pai pretendia ser empresário de um grupo musical infantil.

O promotor do caso, David Sturgill, disse ao jornal Daily Herald que as três concordaram com o acordo sobre a pena de Brown e que “acham necessário que o pai seja punido pelo que fez”.

O advogado de defesa, Steven Shapiro, disse, segundo o mesmo jornal, que seu cliente se sente arrependido e que aceitará ser responsabilizado pelos seus atos.

Pouco depois de ter sido indiciado, neste mês, Brown sofreu um acidente: o carro que dirigia caiu de um penhasco em Utah, e sua mulher segue hospitalizada por causa do episódio.

Os cinco filhos não se pronunciaram sobre o acidente ou sobre o caso que corre na Justiça, mas seus porta-vozes dizem que eles vão manter seus compromissos profissionais e os concertos agendados em sua turnê.