Violência em Curitiba – Criança de seis anos morre com tiro na cabeça. Assassino conhecido como “Marcelo Baby” é procurado pela polícia.

Home » News » Violência em Curitiba – Criança de seis anos morre com tiro na cabeça. Assassino conhecido como “Marcelo Baby” é procurado pela polícia.

By nesqueci on 16 de março de 2011. No Comments

Crime aconteceu depois que pai do garoto e vizinho discutiram. Mãe ficou em estado de choque

A desavença entre dois vizinhos causou a morte de uma criança de apenas seis anos, crime que levou a população atear fogo na casa do assassino. A cena de terror se passou num terreno onde existem seis casas, na esquina entre as ruas Begônia e Dallas, Jardim Tupi, Araucária, região metropolitana de Curitiba. Por volta das 21h desta terça-feira (15), Nélio Vaz Sampaio, 25, que mora no número quatro e Marcelo, conhecido como “Baby”, inquilino do número dois iniciaram a discussão. Os dois se exaltaram e Nélio expulsou Marcelo de sua casa ameaçando-o com uma faca na mão. Foi neste momento que a situação se agravou mais ainda.

“Esse indivíduo conhecido como Baby foi até sua residência e voltou com uma arma de fogo. Ele disparou várias vezes e acabou baleando o filho de Nélio na cabeça, um tiro que acertou um dos olhos da criança. O pai também foi baleado, mas no abdômen. Depois disso, ele convocou a vizinhança e todos se reuniram para atear fogo na residência do homicida. A casa que tem mais ou menos cinquenta metros quadrados foi rapidamente incendiada”, contou o sargento Minotto, do 17º Batalhão da Polícia Militar, que fez o atendimento inicial ao fato.

Tiago Vaz Sampaio que brincava na frente de casa quando foi surpreendido pelos tiros, chegou a ser socorrido pelo próprio pai, também ferido. Os dois foram às pressas para o Hospital, mas o garoto não resistiu e morreu antes mesmo de receber atendimento médico. A mãe do menino seguiu com o cônjuge para o hospital e lá permaneceu em estado de choque.

Quando a polícia chegou ao local do crime todos já haviam se evadido. Apenas algumas testemunhas permaneciam e prestaram depoimento. Os investigadores da Delegacia de Araucária também estiveram no local e em seguida foram ao hospital para interrogar Nélio. As buscas por Marcelo “Baby” foram iniciadas, mas até o começo da madrugada de quarta-feira (16), ele ainda não havia sido encontrado.

Fontes:Banda B AM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *