Aviso

Esta seção contém material impróprio para menores de 18 anos.

Você tem certeza que deseja prosseguir sua navegação em conteúdo probido para menores?

Voltar

Sintomas de ataques cardiacos em mulheres

10:12 Arquivado em: Saúde | Author Name

Você quais os sintomas de ataques cardiacos em mulher?

Dor ou desconforto na região do peito é um dos principais sinais de um ataque cardiaco, mas um estudo realizado nos Estados Unidos sugere que as mulheres não são tão propensas a apresentar esse sintoma quanto os homens. A pesquisa também afirma que o risco de morte decorrente do ataque é maior entre o público feminino.desenho ficticio de uma coração mais um estotscopio

Publicada no Journal of the American Medical Association (JAMA), a descoberta foi feita a partir da análise de dados do National Registry of Myocardial Infarction entre os anos de 1994 e 2006. No total, foram avaliados 1.143.513 pacientes, sendo 42,1% mulheres.

Os pesquisadores descobriram que a idade média em que as mulheres dão entrada no hospital devido a um ataque cardíaco é de 74 anos. Já entre os homens, essa idade é 67 anos. Em seguida, eles dividiram os indivíduos que não tiveram dor ou desconforto na região do peito em cinco grupos, de acordo com a idade de cada um.

A porcentagem geral de pessoas que entraram no hospital com ataque cardiaco sem dor no peito foi de 35,4%. Entretanto, o índice subiu para 42% quando foi analisado apenas o sexo feminino e caiu para 31% quando foi analisado apenas o sexo masculino. Além disso, mulheres com 45 anos foram as menos propensas a ter dores ou desconforto no peito.

Os resultados mostraram também que a taxa de pessoas que tiveram um ataque cardiaco e não sobreviveram foi de 14,6% entre as mulheres e 10,3% entre os homens. Já entre as mulheres jovens que não sentiram dor no peito, a porcentagem quase duas vezes maior. Segundo os autores do estudo, isso ocorre pelo tratamento menos agressivo dado à pessoas que não apresenta o sintoma característico.

Outros sintomas comuns de pessoas que estão sofrendo um ataque cardiaco são dor ou desconforto em ambos os braços, costas, mandíbula, pescoço ou estômago; suar frio e sentir náuseas ou vertigens.

Mulheres fumantes são vítimas de ataque cardíaco antes dos homens

Outro estudo, publicado na revista digital American Journal of Cardiology, revelou que mulheres fumantes sofrem de ataques cardiacos mais cedo do que homens que também fumam. Além disso, as chances de sofrer complicações após o ataque são maiores para o sexo feminino. A análise foi liderada por cientistas da University of Michigan Cardiovascular Center, nos Estados Unidos.

A pesquisa utilizou registros de 3.588 pacientes do hospital universitário dessa instituição, entre janeiro de 1999 e dezembro de 2006. Todos tinham histórico de um incidente de síndrome coronária aguda, como um ataque cardiaco. Ao observar a evolução desses pacientes, os pesquisadores viram que, após problemas cardiacos, 13,5% das mulheres precisaram de tratamentos de emergência para restabelecimento do fluxo sanguíneo, enquanto que apenas 4,4% dos homens tiveram tal necessidade. Outra descoberta foi a de que homens adeptos do cigarro eram, em média, nove anos mais jovens quando tiveram um ataque cardíaco se comparados aos não adeptos. Já as mulheres eram 13 anos mais jovens que as não fumantes.

Os cientistas afirmam que pessoas que fumam têm uma probabilidade até quatro vezes maior de sofrer doenças cardiacas. O motivo é o estreitamento dos vasos sanguíneos, que diminui a circulação e contribui para o depósito de gordura nas paredes das artérias.

Fonte: R7

Link encurtado:

facebook comments:

Deixe uma resposta

Google Plus site stats
Aviso

Esta seção contém material impróprio para menores de 18 anos.

Você tem certeza que deseja prosseguir sua navegação em conteúdo probido para menores?

Voltar