O GLOBO – Policial tem surto, tira a farda e fica só de cueca.

Home » News » Política » Escândalos » O GLOBO – Policial tem surto, tira a farda e fica só de cueca.

By nesqueci on 18 de Março de 2011. 1 Comment


SÃO PAULO – Um policial militar de Joinville, em Santa Catarina, aparentemente em surto psicótico, ameaçou com revólver um grupo de oito crianças que brincava e fazia barulho em uma das ruas da cidade. Segundo testemunhas, ele chegou a atirar duas vezes contra o grupo, mas ninguém foi atingido. Depois, o policial entregou a arma da corporação a um dos meninos e pediu que o jovem atirasse nele. Em seguida, o PM, que estava fardado, tirou a roupa e disse que não ‘queria mais receber o salário miserável da polícia para aguentar desaforo’. O caso aconteceu na noite desta quinta-feira e foi gravado com o celular do pai de uma das crianças. Segundo testemunhas, por volta de 19h, o grupo de crianças com idades entre 10 e 12 anos estava brincando na rua. Um carro se aproximou e do veículo desceu o soldado Mário Casprechen. Irritado com o barulho, o soldado teria atirado duas vezes contra o grupo. Os tiros não chegaram a ser gravados pela câmera do celular do pai de um dos meninos. Mas assustado, o homem gravou o que aconteceu em seguida.

As imagens mostram o soldado completamente fora de si entregando a arma a um dos meninos.

– Pega aqui. Você não é homem? pega aqui – diz o policial.

Assustados, as crianças e o homem pedem que o policial guarde o revólver.

– Ele desceu do carro armado, mandou as crianças, com idades entre 10 e 11 anos, encostarem no muro. Depois, chamou todos de vagabundo e atirou – diz o pai de um dos meninos, que não quer se identificar.

Logo em seguida, o policial começa a tirar a farda e fica só de cuecas.

– Vou tirar a farda aqui também, que eu não quero receber um salário miserável da polícia para aguentar desaforo – diz o policial.

O soldado só se acalmou com a chegada de uma viatura da polícia militar, chamada pelos moradores. O menino que foi abrigado a segurar a arma teve que receber atendimento médico.

– Ele pediu para eu atirar ele. Disse que não queria mais trabalhar. Até atirou na gente duas vezes, mas os tiros não pegaram – contou o jovem.

Segundo o comando da polícia, o soldado trabalha há 15 anos na corporação e não foi a primeira vez que ele teve problemas.

– Ele foi afastado e vai passar por uma junta médica que vai avaliar se ele teve um surto psicótico ou estava com estresse – diz o coronel Adilson Michelli, comandante do 17º Batalhão, ao qual pertence o policial.

– Um inquérito policial militar foi aberto para investigar o caso – disse o militar.

Segundo o coronel, o policial foi desacatado pelas crianças e sentiu-se humilhado.

One Response to O GLOBO – Policial tem surto, tira a farda e fica só de cueca.

  1. JOYCE SILVA   21 de novembro de 2012 at 12:11

    LEVA NO SANAORIO LOUCO ELE MAS NAO FEIU NINGUEM NE BEM BOTA ELE NO MANICOMIO ELE VAI SE DUIVERTIR LAA CERTEZAA BEIJOSSSS

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *