G1 Rj – Tia diz que vizinho já tinha ameaçado menino morto por pistola de pinos.

Home » Videos » Jornalísticos » G1 Rj – Tia diz que vizinho já tinha ameaçado menino morto por pistola de pinos.

By nesqueci on 4 de abril de 2011. No Comments

Vinicius foi atingido por pinos de uma pistola usada para fixar gesso(Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal).

Criança de 6 anos morreu ao ser atingida por disparo da ferramenta no RJ.
Segundo advogado, suspeito deve se apresentar à polícia nesta segunda.

O menino Vinícius dos Santos Botelho, de 6 anos, já havia sofrido ameaças do vizinho suspeito de tê-lo matado. A acusação é de uma tia da criança. Vinicius foi morto ao ser atingido por um disparo de uma pistola de cravar pinos na noite de sábado (2), em Curicica, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.

À polícia, no entanto, uma testemunha teria dito que o tiro foi acidental. O advogado do homem disse que ele deve se apresentar ainda nesta segunda na delegacia.

“Só porque o meu sobrinho é pequeno, de 6 anos, brincava aqui, batia no portão dele e corria, coisa de criança. Ele falou: ‘vou matar ele porque minha mulher está grávida’, conta Nathália dos Santos Maurício.
“Ele botou a arma na perna do meu sobrinho, as crianças viram. Ele falou: ‘matei, agora vou fugir’, e fugiu. Ele atirou e as crianças começaram a gritar”, completou a tia.

Polícia segue à procura do vizinho

Nesta segunda, equipes da 32ª DP (Taquara) seguem à procura do operário. Segundo a polícia, uma equipe também está à procura da mulher do suspeito, que estaria abrigada na casa de amigos. Outros agentes foram à casa do suspeito para recolher a espoleta que faz a ferramenta disparar.

A polícia informou ainda que dois colegas de trabalho do suspeito prestam depoimento na manhã desta segunda-feira (4).

‘Não sei o que aconteceu’, diz mãe

“Até agora não sei o que aconteceu. Sei que ele saiu para comprar açaí e, quando soube que ele estava machucado, já tinham levado ele para o hospital”, contou Viviane dos Santos Maurício, mãe de Vinícius.

Segundo familiares, Vinícius estava próximo a um beco perto de casa, quando foi atingido na perna. Os vizinhos contam que o homem que disparou mora em uma casa próxima da onde Vinícius brincava.

O caso, que foi registrado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

“Ele era um menino brincalhão, alegre e ia começar na escola agora”, disse Viviane, que carrega em seu braço esquerdo uma tatuagem com o nome de Vinicius. Além dele, ela tem mais dois filhos. Matheus, o mais velho, de 8 anos, brincava com o irmão minutos antes da tragédia.

Como foi

O caso ocorreu na Estrada do Guerenguê, em Curicica, em Jacarepaguá, na noite de sábado. Vinícius foi atingido na coxa direita e chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Taquara, também em Jacarepaguá, mas teve hemorragia e não resistiu. Segundo a PM, o disparo acertou a artéria femoral da criança.

Fonte:G1 RJ


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *