Aviso

Esta seção contém material impróprio para menores de 18 anos.

Você tem certeza que deseja prosseguir sua navegação em conteúdo probido para menores?

Voltar

G1-RJ – Casal de vítimas do acidente com bonde em Santa Teresa recebe alta

02:03 Arquivado em: Cotidiano | Author Name

Um casal de vítimas do acidente com um bonde em Santa Teresa, no Centro do Rio, recebeu alta, nesta quinta-feira (8). O frânces Arnold Donatien, de 28 anos, e sua namorada Gisely Idalgo Moretis, de 23, estavam internados no Hospital São Lucas, em Copacabana, na Zona Sul. As informações são da assessoria de imprensa do hospital. No dia 27 de agosto o bonde tombou, causando a morte de seis pessoas e ferindo mais de 50.

De acordo com o hospital, Arnold teve fratura de bacia, perna direita e escoriações. E Gisely sofreu fratura na mão direita, lesão pélvica e escoriações.

Outra vítima, Daniele Abreu, de 30 anos, segue internada, no hospital, com fratura da face, bacia, tórax e lesão cervical, sem previsão de alta. Ela permanece estável, lúcida e respirando espontaneamente, informou a assessoria.

Outras duas pessoas continuam internadas no Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio. E uma terceira vítima está em um hospital particular, também em Copacabana.

Reunião de moradores e MP-RJ
O procurador-geral do estado do Rio, Cláudio Lopes, se reuniu na terça-feira (6) com representantes da Associação de Moradores de Santa Teresa e parlamentares para avaliar questões relativas ao acidente com um bonde.

Uma das questões abordadas na reunião foi a abertura de um procedimento criminal pelo Ministério Público para apurar a responsabilidade do secretário de Transportes Júlio Lopes no acidente. A abertura do procedimento foi feita após uma denúncia apresentada pelo vereador Paulo Messina (PV).

 

Cláudio Soares informou que vai ser feita a investigação e, caso fique comprovado que o secretário teve alguma culpa, ele poderá ser indiciado por homicídio. Lopes afirmou que quer ouvir pessoas relacionadas ao acidente, e que o secretário será intimado a depor.

Outro assunto levado por representantes da associação foi uma decisão judicial de 2009, que, de acordo com a associação não foi cumprida pelo estado. O processo diz respeito à recuperação dos bondes, do gradil, reforma da oficina, entre outras medidas que o estado teria que ter tomado. O procurador afirmou que foi dado um prazo de dez dias, a contar a partir de sexta-feira (2), para que o estado comprove que cumpriu a decisão, conforme teria informado ao MP.

Na segunda-feira (5), o delegado Tarcísio Jansen, da 7ª DP (Santa Teresa) ouviu três funcionários da Central, empresa que administra os bondes de Santa Teresa, no Centro do Rio. Em depoimentos, o engenheiro chefe da oficina, o chefe do almoxarifado e o chefe dos mecânicos disseram, segundo a polícia, que os bondes têm peças de reposição e sofrem manutenção frequente. Dos 12 funcionários que estavam de plantão no dia do acidente, oito já foram ouvidos.

Os investigadores acreditam que os depoimentos do supervisor da empresa e do cobrador do bonde são fundamentais para esclarecer de quem teria partido a decisão de continuar circulando com o bonde que tinha sido avariado numa batida com um ônibus, antes do acidente. O supervisor ainda não compareceu à delegacia e o cobrador ainda está hospitalizado.

Recadastramento na Central
Na terça-feira (6), a equipe de intervenção responsável pelo levantamento sobre situação do sistema de bondes de Santa Teresa fez um recadastramento dos funcionários da Companhia Estadual de Engenharia de Transporte e Logística (Central). A iniciativa visa levantar todas as informações referentes ao quadro funcional, como o número de pessoas em cada função, condições de trabalho, média salarial, nível de satisfação, entre outros. O recadastramento será realizado a partir das 9h, na estação Carioca.

Perícia complementar
Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli fizeram uma perícia complementar no dia 4 de setembro no local do acidente. Segundo a polícia, os peritos colocaram um bonde para funcionar por volta das 6h e tiraram algumas dúvidas referentes às circunstâncias do acidente. Não foram passados detalhes do trabalho dos peritos. O laudo final será entregue ao delegado titular da 7ª DP, Tarcísio Jansen.

 

Fonte:

Bonde tombou em Santa Teresa matando seis pessoas (Foto: Alba Valéria Mendonça/G1)

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2011/09/casal-de-vitimas-do-acidente-com-bonde-em-santa-teresa-recebe-alta.html

Link encurtado:

facebook comments:

Deixe uma resposta

Google Plus site stats
Aviso

Esta seção contém material impróprio para menores de 18 anos.

Você tem certeza que deseja prosseguir sua navegação em conteúdo probido para menores?

Voltar