G1 – Aneel volta a negar devolução de R$ 7 bilhões por erro em conta.

Home » News » Política » Escândalos » G1 – Aneel volta a negar devolução de R$ 7 bilhões por erro em conta.

By nesqueci on 25 de janeiro de 2011. No Comments

Agência manteve decisão anunciada em dezembro do ano passado.
Entre 2002 e 2009, consumidores pagaram mais do que deveriam.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) negou nesta terça-feira (25) o pedido de reconsideração interposto pelos parlamentares Eduardo da Fonte, Ciro Nogueira e Alexandre Santos, na tentativa de reverter a decisão que deliberou pelo não ressarcimento aos consumidores de cerca de R$ 7 bilhões que foram cobrados indevidamente pelas distribuidoras de energia elétrica entre 2002 e 2009.

A decisão foi unânime entre os seis diretores da Aneel, incluindo o diretor-geral da agência, Nelson Hubner. Eles reiteraram a decisão do fim do ano passado, de que a aplicação retroativa do novo sistema de reajuste das tarifas não tem amparo jurídico e sua aceitação provocaria instabilidade regulatória ao setor elétrico, o que traria prejuízos à prestação do serviço e aos consumidores.

A cobrança a mais ocorreu por um erro na fórmula de cálculo dos reajustes anuais das contas de luz. A Aneel reconheceu o problema, corrigiu a falha, mas decidiu em dezembro que o novo sistema de ajuste das tarifas não poderia retroagir. Assim, as distribuidoras não teriam a obrigação de ressarcir os consumidores que pagaram o que não deviam.

O relator do processo, o diretor Edvaldo Santana, destacou que o próprio Tribunal de Contas da União (TCU), que se debruçou em análises sobre a distorção na metodologia em 2008, concluiu pela legalidade da cobrança da tarifa. O diretor afirmou que, se fossem rompidos os contratos para alterar a fórmula de reajuste, as tarifas de energia elétrica poderiam dar um salto. Segundo ele, a elevação do risco regulatório influencia na taxa de remuneração do custo de capital das empresas que, por sua vez, é utilizado como parâmetro de cálculo da tarifa.

Com informações da Agência Estado e do Valor Online.

http://g1.globo.com/economia/noticia/2011/01/aneel-nega-devolucao-de-r-7-bi-por-erro-em-conta.html
—————————————————————————————————-

Na humilde opinião desse editor se o erro é seu então assuma.
Pega indevidamente R$ bilhões e não devolver com a justificativa que vai tomar de novo através de alta de conta é no mínimo ridículo.
Se fosse os consumido pegando isso seria apropriação indébita ou roubo mesmo.
Se uma empresa qualquer faz isso é fraude se é a Aneel então é “justo”.
Quem teve conta mensal acima de 250 reais tem a chance de pelo menos lutar porque o dinheiro pagaria um advogado mais modesto e ainda sobraria.
Mas a massa que paga bem menos que isso vai “tomar” e não poder reagir como sempre.
Essa ressarcimento so vira pra classe media pra cima e pras grandes empresas. Esse tem como requerer seu direito, nos meros mortais dependemos do sistema que e geralmente quem nos lesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *