Em Ponta Porã(MS) – Professor é encontrado degolado dentro de casa

Home » News » Em Ponta Porã(MS) – Professor é encontrado degolado dentro de casa

By nesqueci on 3 de Maio de 2011. No Comments

O professor Juliano Garcia de Oliveira, de 27 anos, foi assassinado na noite de domingo no Residencial Ponta Porã, na periferia da cidade. Ele foi degolado e morreu antes da chegada da equipe de socorro. Até ontem à tarde a Polícia Civil ainda não tinha esclarecido as circunstâncias e autoria do crime que causou forte comoção na fronteira.

Conforme as informações policiais, por volta das 23h30min., o professor que era filho da conselheira tutelar Iraci Garcia, foi localizado no interior de uma casa na rua Guarantã, no bairro Residencial Ponta Porã. Ele foi encontrado degolado e com ferimentos no rosto caído perto do banheiro do imóvel. Ninguém estava no local.

Os policiais foram até o endereço do professor depois que o carro dele foi encontrado abandonado e com manchas de sangue. O autor teria levado o carro, que posteriormente foi encontrado batido e abandonado na área central de Ponta Porã.
Até ontem à tarde o crime não tinha sido elucidado, mas existe a hipótese de o professor ter sido vítima de latrocínio, roubo seguido de morte. Conforme a polícia, no interior da casa de Juliano foram encontradas diversas manchas de sangue. A mangueira de gás estava cortada e o ferro ligado na energia, o que poderia provocar um incêndio.

Ontem durante todo o dia, alunos e professores reclamavam a perda do jovem professor e cobravam providências para elucidação do crime. No velório que ainda está sendo realizado na Capela Pax Primavera situada na avenida Brasil, milhares de pessoas passaram para dar adeus ao professor. O sepultamento está marcado para esta terça-feira no final da manhã.

Corpo

Por outro lado, Leandro Dias, de 26 anos, foi encontrado morto dentro de um quarto do Motel Moulin Rouge, situado na margem da BR-463, em Ponta Porã. Ele teria cometido suicídio, conforme as primeiras informações recebidas pela Polícia Civil e que estão sendo checadas.
Na manhã desta segunda-feira, por volta de 7h55min., uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar foi acionada para prestar socorro a Leandro Dias que estaria no interior do quarto gritando que iria cometer suicídio. Os bombeiros quando chegaram encontraram ele já sem vida com um tiro no lado direito da cabeça.
A vítima também teria cortado os pulsos e apresentava ferimento no pescoço. No local os policiais encontraram uma caminhonete Toyota Hilux com placas BCA-917, do Paraguai. O caso também está sendo apurado pela Polícia Civil.

Fonte:Correio do Estado


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *