Em Piraquara (PR) – Polícia prende suspeito de ter matado ambientalistas em chacina.

Home » News » Em Piraquara (PR) – Polícia prende suspeito de ter matado ambientalistas em chacina.

By nesqueci on 9 de julho de 2011. No Comments

A Polícia Militar prendeu um dos autores da chacina de Piraquara, que provocou a morte de cinco pessoas de forma brutal, no dia 23 de abril, deste ano. Vilmar Assis Cabral, o “Polaco”, de 34 anos, foi preso nesta sexta-feira (8) por volta das 20h, após uma abordagem de rotina na Rodovia João Leopoldo Jacomel, na Vila Macedo, em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.

De acordo com a PM, uma denúncia anônima afirmava que em um bar havia uma pessoa com mandado de prisão. A polícia foi até o local, encontrou uma pessoa que estava com portaria (poderia sair do sistema prisional no final de semana para visitar a família). Como estava tudo certo, o homem foi liberado. Mas os policias desconfiaram de outra pessoa que estava em um ponto de ônibus próximo do local e fizeram outra abordagem, que resultou na prisão de Cabral.

O sargento Claudio, da Polícia Militar, contou que o homem que foi preso tentou ficar escondido em um ponto de ônibus. “Fizemos a abordagem do homem que estava com uma criança no colo, no ponto de ônibus e constatamos que ele estava com mandado de prisão”, disse à Banda B.

Ainda segundo o sargento, moradores contaram que o rapaz estava envolvido na chacina ocorrida no dia 23 de abril. “Quando chegamos à residência para entregar a criança para mãe, alguns moradores nos informaram que ele tinha participado de uma chacina. Na delegacia havia um retrato falado e que bate com todas as características do detido”, concluiu.

Cabral foi preso e encaminhado a Delegacia de Piraquara. Os policias da delegacia não quiseram se manifestar a respeito do caso. Mais informações devem ser repassadas na próxima segunda-feira (11).

Fonte:Banda B AM


Relembre o crime barbaro que chocou Piraquara.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *