Em Figueira(PR) – Guarda Municipal afirma ter sido humilhado e espancado por PMs.

Home » News » Em Figueira(PR) – Guarda Municipal afirma ter sido humilhado e espancado por PMs.

By nesqueci on 27 de abril de 2011. No Comments

O Guarda Municipal de Curitiba Vagner de Oliveira Benedito passava o feriado em Figueira, sua cidade natal, quando avistou uma confusão

Fotografo: Bruno Henrique

Dois dias depois, guarda ainda tem sinais da agressão.

durante a festa de aniversário da cidade, na qual estava com sua mulher, no último domingo (24). Oliveira relata que ao avistar Policiais Militares que ajudavam na segurança da festa, mostrou sua carteira de guarda municipal para ajudar durante o atendimento da ocorrência. A partir de então, Oliveira descreve que o terror teria começado.

“Simplesmente fui falar com eles e me trataram de maneira truculenta, falaram que minha carteira de guarda era falsa e me colocaram no camburão, eu estava na festa com minha mulher e me trataram desta maneira. Fui levado algemado pelo camburão, só que não me levaram para a delegacia e sim para um destacamento da PM”, descreveu ele. (Ouça o áudio clicando no ícone acima)

O guarda detalhou o tratamento que teria recebido dentro do destacamento. “Fui chamado de negro, humilhado, recebi golpes na cara e na barriga, principalmente por parte do Sargento Claúdio, os outros três policiais que o acompanhavam não foram truculentos, mas estavam juntos. Até spray de pimenta jogaram em mim. Eles são policiais de Telêmaco Borba, município próximo a Figueira”, disse.

Policiais acharam que carteira de Vagner era falsa

O Guarda Municipal procurou nesta terça-feira (26) o Comando da Polícia Militar do Paraná para entregar os relatos do acontecimento do fim de semana. Ele diz não ter mágoas contra a corporação, apenas com os policiais de Telêmaco, em especial o Sargento Claúdio. Oliveira foi até o local com o BO e fotos que mostram seu corpo agredido, ele espera que algo seja feito contra os possíveis agressores.

Fonte:banda B AM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *