Em Curitiba (PR), guarda de trigêmeas é confiada a tios.

Home » News » Em Curitiba (PR), guarda de trigêmeas é confiada a tios.

By nesqueci on 6 de Maio de 2011. No Comments

Meninas que nasceram após inseminação artificial estavam em abrigo em Curitiba depois da informação de que uma delas seria doada.

As trigêmeas de Curitiba que tiveram a guarda retirada dos pais biológicos, em razão da suspeita de que uma delas estaria sendo rejeitada, estão sob os cuidados de tios. Em decisão divulgada no Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Paraná de ontem, o desembargador Ruy Muggiati ampliou o tempo em que os pais poderão visitar as crianças, que estava restrito às quartas-feiras, das 14 às 16 horas. As crianças poderão receber a visita dos pais todos os dias da semana, entre 7 e 22 horas. Muggiati recomendou que os pais se submetam a terapia familiar.

A sentença não revela a data em que foi concedida a guarda aos tios, mas deixa claro que a visita seguia a mesma norma estabelecida quando elas estavam em um abrigo, onde a presença dos pais era restrita. A advogada dos pais sustentou que a continuidade da regra “representa prejuízo para as crianças”.

Os bebês nasceram prematuramente no dia 24 de janeiro, após inseminação artificial. As informações de que um deles estaria sendo rejeitado pelos pais vieram de funcionários do hospital onde foi realizado o parto. As meninas ficaram no hospital até 18 de fevereiro, quando foram encaminhadas para o abrigo. No processo, foi revelado que os pais tentaram fazer um aborto e chegaram a firmar documento, durante a gravidez, para entregar uma delas para adoção.

Fonte:Gazeta do Povo

Leia mais sobre o caso:

EXCLUSIVO – Advogada dos pais das trigêmeas de Curitiba fala sobre o caso.

TJ-PR retira de página decisões sobre trigêmeas.

Em Curitiba – Pais abandonam trigêmeas em hospital e levantam questão sobre gravidez induzida.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *