Em Curitiba (PR) – Briga no John Bull termina com quatro baleados no Juvevê; uma jovem morreu e três suspeitos foram presos

Home » News » Em Curitiba (PR) – Briga no John Bull termina com quatro baleados no Juvevê; uma jovem morreu e três suspeitos foram presos

By nesqueci on 8 de junho de 2011. No Comments

O Gol das vítimas ficou com várias marcas de bala(Foto:Marcelo Borges/Banda B)

Uma jovem de 21 anos morreu e outros três jovens foram baleados dentro de um Gol por volta das 5h desta madrugada de quarta-feira (8), no bairro Juvevê, em Curitiba. O tiroteio ocorreu no cruzamento da Rua Alberto Foloni com a Rua Deputado Mário de Barros. A vítima fatal foi identificada como Ketlin Herning Antunes. Uma outra mulher e dois homens, entre eles o condutor do Gol, foram socorridos por ambulâncias do Siate. Raissa Mariana de Lima, de 21 anos, levou um tiro na cabeça e seu estado é gravíssimo. Um jovem identificado apenas como Leandro também foi baleado e seu estado de saúde é grave. Lincoln Garcia Filho, que completou 25 anos hoje, levou um tiro no braço e passa bem. Outras quatro pessoas estavam no Gol e não foram atingidas. Por volta das 7 horas, cerca de duas horas depois do tiroteio, a polícia prendeu três suspeitos que foram reconhecidos pelo irmão de uma das vítimas.

A confusão começou no bar John Bull, localizado na rua Mateus Leme, no São Lourenço. De lá, depois de uma briga envolvendo vítimas e autores, houve uma perseguição e, logo em seguida, o tiroteio. O tenente Lima, do 20.º Batalhão da Polícia Militar, deu as primeiras as informações a respeito do caso. “A briga começou no John Bull. Assim que chegamos no bar fomos informados de que um gol havia saído com cinco ou seis pessoas e, logo em seguida, recebemos a informação de um tiroteio com vários baleados nas proximidades. Quando chegamos, vimos várias vítimas no chão e uma jovem morta dentro do carro. Todos moradores do Bairro Alto”, disse o tenente Lima, da PM. Ao todo, oito pessoas estavam no Gol que saiu do John Bull e foi alvo de vários tiros vindos de um segundo carro que emparelhou no sinaleiro, no Juvevê.

Prisão

A polícia recebeu informações de que os três suspeitos que teriam discutido com o grupo dentro do bar estavam em um Astra preto. Os policiais

Socorrista atende um dos baleados(Foto:Marcelo Borges/Banda B)

conseguiram então a placa do veículo num estacionamento da região e foram até a casa do proprietário do veículo em Colombo, região

metropolitana de Curitiba. Lá, prendeu Cleyton Rafael Pinheiro, 22 anos, Rodrigo Perlo Sobrinho Pinheiro, 23, e Allysson dos Santos Martins, 21 anos.

Na delegacia, os suspeitos disseram que estavam no John Bull, mas negaram qualquer participação no atentado a tiros no

Juvevê. Porém, o irmão de um das vítimas que estava no bar, reconheceu os três que teriam discutido com o grupo dentro do estabelecimento.

O delegado Jaime da Luz autuou os três em flagrante com base nas evidências que recolheu. “Temos o reconhecimento das testemunhas que estavam no bar, temos a informação de que os atiradores estavam num Astra preto, mesmo carro dos suspeitos, e, além disso, este foi o único Astra que estava no John Bull nesta noite e o horário de saída dos três bate com o ocorrido”, explicou o delegado à Banda B.

Fonte:Banda B AM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *