Em Curitiba – Garota que era mantida refém em chácara consegue pegar celular e pedir socorro.

Home » News » Em Curitiba – Garota que era mantida refém em chácara consegue pegar celular e pedir socorro.

By nesqueci on 21 de junho de 2011. No Comments

Um jovem foi preso nesta segunda-feira (20) acusado de manter em cárcere privado a companheira, além de agredi-la regularmente e negligenciar comida. Dartagnan Gomes Duarte, 24, estava morando numa chácara da Colônia Tarumã, zona rural de Campina Grande do Sul na região metropolitana de Curitiba. Ele havia levado Lorena Garcia Padilha, 19, para lá há algum tempo e vinha batendo na moça, além de impedi-la de entrar em contato com a família. O martírio só terminou depois que ela, num golpe de sorte, pegou o celular de Dartagnan e ligou para casa.

“Ela morava Curitiba e aceitou ir com o acusado para viver na chácara. Depois de um tempo, Lorena diz que começou a ser impedida de deixar a casa. Foi então que passou a apanhar e não receber comida”, contou o delegado Gerson Machado da Delegacia de Campina Grande do Sul. A família, depois de avisada, entrou em contato com o Conselho Tutelar de Campina Grande do Sul. (Ouça as declarações no áudio acima)

“Fomos informados pelos conselheiros e mandamos uma equipe ao local. Depois de constatar que a moça era mantida refém, o rapaz foi preso”, relatou Machado. Após a confirmação da denúncia, Dartagnan foi levado para a carceragem da delegacia. Ele deve ser autuado pelo artigo 148 do Código Penal, que prevê pena de um a três anos e por violência doméstica, que se enquadra na Lei Maria da Penha. Lorena foi cdevolvida novamente ao convívio familiar.

FOnte:BAnda B AM


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *