Em Curitiba – Em menos de 12 horas, polícia registrou dois acidentes envolvendo locomotivas e pedestres.

Home » News » Em Curitiba – Em menos de 12 horas, polícia registrou dois acidentes envolvendo locomotivas e pedestres.

By nesqueci on 6 de abril de 2011. No Comments

Aposentado fica gravemente ferido após ser atropelado por trem em Curitiba.

Um aposentado de 86 anos ficou gravemente ferido após ser atropelado por uma locomotiva da América Latina Logística (ALL) durante a manhã desta quarta-feira (06), na rua Jordânia, bairro Cajuru. Francisco Ferreira da Silva seguia para casa depois de conversar com alguns amigos quando foi surpreendido pela composição férrea que seguia em alta velocidade.

Sem perceber que havia atropelado o idoso, o maquinista sequer parou o trem. “Ele levou muita sorte de ter sido jogado para fora dos trilhos. Poderia ter morrido na hora”, contou à Banda B uma moradora da região, ainda tensa com o ocorrido. Em decorrência do forte choque, o homem sofreu uma série de lesões e precisou ser encaminhado até o Hospital Evangélico.

A poucos metros de distância do local, na noite desta terça-feira (05), um senhor de 67 anos morreu após se envolver em um atropelamento semelhante ao registrado na manhã de hoje. José Luiz Budine estaria tentando atravessar os trilhos quando foi atingido pela composição férrea. O acidente aconteceu por volta das 19h, no trecho próximo ao cruzamento entre a avenida presidente Affonso Camargo e a rua Santo André.

O corpo de Budine foi mutilado e ele não resistiu aos ferimentos. Uma viatura do IML (Instituto Médico Legal) foi deslocada e recolheu o corpo do idoso. “Segundo o maquinista, todos os sinais sonoros avisando que o trem passava foram acionados. Uma testemunha que esteve no local afirmou que ia atravessar a linha do trem e depois de ouvir o apito parou. Esse senhor provavelmente estava com algum problema ou tinha alguma deficiência na audição. O maquinista informou que ele literalmente entrou na frente do trem neste cruzamento”, disse o Sargento Valentin do Batalhão de Trânsito (Bptran).

Junto ao corpo foram encontrados documentos, um número de telefone e um endereço que apontava Budine como morador do bairro Capão da Imbuia, em Curitiba. Os policiais entraram em contato com a família para informar sobre o acidente e levantar mais informações sobre a vítima.

A ALL (América Latina Logística) confirmou o acidente. A assessoria ressaltou que a partir do momento que o trem inicia a frenagem, são necessários 500 metros para que ele estacione completamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *