Em Curitiba – Aprovado projeto que acaba com dupla função de motoristas

Home » News » Em Curitiba – Aprovado projeto que acaba com dupla função de motoristas

By nesqueci on 20 de abril de 2011. No Comments

A dupla função exercida por alguns motoristas do transporte coletivo em Curitiba, que também atuam como cobradores, pode estar com os dias contados. Foi aprovado por unanimidade durante a sessão plenária desta terça-feira (19), em primeira votação, projeto de lei proibindo que motoristas sejam responsáveis pela condução do veículo e também pela cobrança de passagens. Nesta quarta-feira (20), o documento será votado em segundo turno e, se aprovado, segue para sanção do prefeito Luciano Ducci.

O objetivo, de acordo com o autor do projeto, vereador Denilson Pires (DEM), é prevenir acidentes e proteger a saúde do trabalhador. “É absolutamente incompatível obrigar o condutor a efetuar a cobrança de passagens ao mesmo tempo em que precisa cumprir horário neste trânsito mais arriscado a cada dia”, avaliou durante a defesa da proposta na tribuna, lembrando que os prazos de viagem impostos pela Urbs, que gerencia o setor na cidade, são rigorosos. “Se ocorrem atrasos, os motoristas são penalizados”, acrescentou.

Baseado em estatísticas, ele afirmou que os condutores de veículos são detentores dos maiores índices de doenças do coração e psicossomáticas, decorrentes do estresse. “Tudo isso é provocado pela tensão permanente de um condutor que deve, ao mesmo tempo, estar atento à complexidade do trânsito, aos horários a cumprir, além de, na ausência do cobrador, ter que dar total atenção aos passageiros que necessitam de informações, num quadro desumano.”

Punição

Em caso de descumprimento da norma, a empresa infratora receberá advertência escrita e terá prazo de 30 dias para a apresentação de defesa. Após recorrido este período ou indeferido o recurso, será aplicada multa de R$ 10 mil a cada reincidência, podendo até ser cassada a permissão da empresa.