Em Cuiabá (MT) – Jovem é assassinado com tiro na cabeça.

Home » News » Em Cuiabá (MT) – Jovem é assassinado com tiro na cabeça.

By nesqueci on 30 de abril de 2011. No Comments

Local, no Planalto, onde rapaz foi executado. Duas mulheres ainda foram feridas por bala perdida

Mesmo depois de ter sobrevivido a um duplo assassinato há 2 anos, Joaquim da Silva não escapou desta vez, uma semana depois de retornar a Cuiabá

Sobrevivente de um duplo assassinato ocorrido há dois anos, o vendedor de DVDs Joaquim Xavier Campos da Silva, 36 anos, foi morto com um tiro na cabeça na noite de anteontem, em uma via pública do bairro Planalto, em Cuiabá. Em 2009, Silva foi baleado em uma das pernas e teve a irmã e o sobrinho assassinados a tiros.

O crime ocorreu na rua Cachimbo, próximo ao ginásio de esportes do bairro. Na hora acontecia um campeonato de futebol de salão. A rua estava lotada de pessoas. As garotas Carla e Janaína Silva, de 22 e 19 anos respectivamente, foram atingidas no braço por balas perdidas e levadas para o Pronto-Socorro Municipal da Capital.

Testemunhas disseram à polícia que a vítima estava bebendo em um bar, quando dois homens em um Celta de cor prata com duas portas se aproximaram e o passageiro, identificado como “Ratinho”, desceu, foi até o bar, ficou andando pelo local e, depois, efetuou os disparos contra Joaquim da Silva. Atingido na cabeça, ele morreu na hora.

De acordo com policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, o carro era dirigido por Felipe da Costa Soares, 20 anos. Já Ratinho seria o mesmo que, em maio de 2009, matou a tiros a irmã da vítima, Jovercina Alves da Guia, 45 anos, e o filho dela, Júlio Cesar da Guia, de 18.

O fato também ocorreu no Planalto. Jovercina estava em frente à sua casa, quando os criminosos se aproximaram do portão e começaram a atirar. Ela foi a primeira a ser atingida pelos tiros e morreu no local. Já Júlio César chegou a ser encaminhado para o pronto-socorro, vindo a morrer um dia depois. Os criminosos teriam fugido de bicicleta.

Na ocasião, Joaquim da Silva estava próximo e foi baleado na perna. Ele foi levado para o pronto-socorro, onde passou por cirurgia e se recuperou. Logo após, o vendedor se mudou para Campo Grande (MS) e, na semana passada, retornou para Cuiabá.

O delegado Antônio Carlos Garcia indiciou cinco participantes do duplo assassinato que vitimou mãe e filho. Trata-se de Jonas Abrão Siqueira da Silva, o “Pacu”, 22 anos, Vanderlei Antônio da Costa, de 18, Pedro Henrique Batista, de 19, e dois adolescentes de 17 e 16 anos. Policiais não informaram se um destes possui o apelido de “Ratinho”. Na época, as investigações apontavam para uma briga entre gangues.

A polícia acredita que Ratinho ficou sabendo do retorno de Joaquim da Silva e, acreditando que ele poderia querer se vingar, decidiu matá-lo. Familiares da vítima também acreditam que se trata dos mesmos criminosos.

Segundo testemunhas, após efetuar os disparos contra Joaquim da Silva, Ratinho saiu correndo, sendo seguido pelo Felipe, que estava no Celta. Após realizar buscas, policiais militares localizaram o carro e detiveram Felipe em uma rua localizada no fim do bairro. Com a vítima, os policiais encontraram documento com o nome de Joaquim Costa da Silva.

Fonte:Diario de Cuiabá



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *