Em Cascavel (PR) – Criança é sequestrada e polícia encontra cativeiro uma hora depois

Home » News » Em Cascavel (PR) – Criança é sequestrada e polícia encontra cativeiro uma hora depois

By nesqueci on 21 de julho de 2011. No Comments

Duas pessoas foram presas em Cascavel, Oeste do Paraná, suspeitas de sequestrar uma criança de 5 anos. Eles estavam na casa na qual o menino foi encontrado pelos policiais no início da tarde desta terça-feira (19), e seriam conhecidas da família.

A criança, filha de comerciantes, foi levada de dentro de casa e ficou cerca de uma hora noc ativeiro. Quando os policiais entraram no quarto em que estava o menino, o encontraram sonolento pois havia sido dopado. Meia hora depois do sequestro, foi pedido um resgate para os pais de R$ 50 mil. A polícia chegou até o cativeiro depois de conseguir rastrear a ligação pelo resgate que partiu da casa em que estava a criança. O menino ficou no cativeiro por cerca de uma hora.

Maicon Livi um dos acusados de envolvimento no sequestro, foi reconhecido entre quatro presos da carceragem da delegacia da Polícia Civil, pela empregada que trabalha na casa da vítima.

A mãe da criança contou que estava aliviada e disse que a proximidade com a acusada era comercial.

“Estamos todos bem, foi resolvido, a polícia foi assim muito eficiente. Eu tenho comércio e tínhamos contato comercial, nada assim muito pessoal. O susto do sequestro foi o mesmo quando fiquei sabendo quem foi. Acredito que foi motivado por dificuldade financeira” conto a mãe da vítima.

Os acusados que estão detidos, negam participação no sequestro.

“Eu não sei como pode ter acontecido isso, sinceramente porque eu não estive em casa nesse momento, trabalho aqui próximo a delegacia e eu não sei como foi possível essa armada. Isso é tão simples de ser feito, uma manipulação talvez”, disse o acusado à reportagem da CGN.

“Eu não tenho participação nenhuma, ontem conversei com ela, hoje soube que sequestraram o filho dela. Eu abri a porta junto com o policial lá dentro, eu nunca tinha visto aquela criança na minha vida, eu tenho dois filhos você acha que eu sou louca, eu recebo eu trabalho e tenho uma empresa pra cuidar. Eu conhecia esses dois que foram lá por ameaça, mas não sei quem são. [A mãe da criança] é minha amiga ela emprestava roupas para os meus eventos, tudo que eu fazia, as fotos que eu fazia ela que me emprestava as roupas” contou a acusada.

O delegado da 15ª SDP (Subdivisão Policial) Pedro Fernandes de Oliveira afirma que a atuação da mulher é evidente. A polícia investiga agora o envolvimento de outras duas pessoas.

Com informações do site CGN Notícias.

Fonte:Banda B AM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *