Depois de vender roupas do ex na web, ‘Peladona do eBay’ doa lucro ao Japão

Home » News » Depois de vender roupas do ex na web, ‘Peladona do eBay’ doa lucro ao Japão

By nesqueci on 6 de Abril de 2011. No Comments

O que começou como uma ácida vingança acabou por se tornar uma rentável atividade. Ao descobrir que havia sido traída pelo ex-namorado, Taylor Morgan (nome fictício), 26, passou a vender as roupas do rapaz em um site de leilão virtual. Detalhe: para ilustrar a venda, ela deu uma de modelo e posou (seminua) junto com as peças. Em entrevista por e-mail ao UOL Tecnologia, a internauta contou que fez o que fez por vingança, mas que no final das contas acabou se divertindo. Muito.

Apesar do sucesso da história, a jovem do estado da Flórida (EUA) não revela sua verdadeira identidade. Ela prefere não revelar seu verdadeiro nome, não quis enviar uma foto que mostrasse o rosto nem detalhou a profissão. “Tenho um emprego normal em um escritório”, limitou-se a dizer. Taylor afirma já ter arrematado mais de US$ 2.000 com as vendas e ainda disse ter doado algumas peças do ex aos desabrigados, vítimas das tragédias naturais no Japão.

Confira a seguir a entrevista em que Taylor revela os detalhes da história.

UOL Tecnologia – Quão irritada você estava quando tirou as fotos e publicou no eBay?

Taylor Morgan – Na verdade eu estava bem bêbada quando minha amiga sugeriu para que tirássemos as fotos. Quando comecei eu imaginava que ele [o ex] iria ver as fotos e ficar bravo. Eu nunca iria imaginei que iria conseguir toda essa atenção… mas aqui estamos!

UOL Tecnologia – Sua intenção era só provocá-lo ou também queria ganhar dinheiro?

Taylor – Era só tirar ele do sério. É muito libertador tirar essas fotos “eróticas”. Ele nunca me deixava comprar roupas insinuantes ou me vestir de um jeito sexy. Considero o processo uma terapia, que me ajudou a superar o término do namoro muito mais facilmente. Além disso, o dinheiro é bacana, mas meu namorado foi um “investimento” muito ruim; eu nunca vou conseguir recuperar o dinheiro que gastei…

UOL Tecnologia – Foi você que comprou tudo?

Taylor – Sim, eu comprei tudo. Ele é um aspirante a artista/músico (também conhecido como desempregado). Eu acreditei nele e paguei por tudo.

UOL Tecnologia – Como descobriu a traição do seu ex-namorado?

Taylor – Um amigo meu o viu em um bar com uma garota, enquanto eu estava em uma viagem a trabalho. Ele negou, mas depois perguntei a um vizinho que confirmou ter visto uma garota semelhante entrando na minha casa junto com ele. Aí não teve jeito. Foram cinco anos de namoro…

UOL Tecnologia – E o que pretende fazer com o dinheiro das vendas?

Taylor – Não ganhei muito, por volta de US$ 2.000. Parte dessa quantia e algumas peças de roupas eu doei para o Tsunami Relief Fund (um fundo de investimento organizado para ajudar as vítimas das tragédias naturais do Japão). Também comprei alguns vestidos sexys. É uma combinação estranha, eu sei!

UOL Tecnologia – E afinal, qual foi a reação dele ao saber das fotos?

Taylor – Meu ex criou várias contas no eBay e no Facebook para reclamar e classificar o material como inapropriado. Por algumas horas meu perfil no site de leilões ficou suspenso, mas voltou no final do dia. Tinha bastante gente do meu lado. Apesar disso, o eBay classificou meus leilões como restrito para adultos. Eu nunca fiz nu, então minhas fotos foram consideradas apenas como “sugestivas”. Depois disso, minhas vendas melhoraram consideravelmente: uma dupla vingança. Além disso, eu posto outras fotos e sem restrições no meu site MyExBoyfriendCloset.com

UOL Tecnologia – E, depois de tudo, existe alguma coisa que você gostaria de dizer para ele?

Taylor – Não.

UOL Tecnologia – Pretende vendar roupas profissionalmente depois que as peças do seu ex acabarem?

Taylor – Eu recebi várias ofertas, mas ainda não aceitei. Não sou contrária à ideia, mas, por enquanto, vou continuar fazendo o meu negócio. Vou analisar melhor… Tenho recebido mais de um milhão de visualizações por mês. Isso é muito excitante!

Fonte:UOL Tecnologia claro, mas lá não tem as fotos abaixo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *