Caso Tiago Leifert expõe insatisfação com a Globo no Twitter.

Home » Atualidades » Esporte » Caso Tiago Leifert expõe insatisfação com a Globo no Twitter.

By nesqueci on 26 de março de 2011. No Comments

Tiago Leifert, uma das grandes estrelas do jornalismo da Globo, se irritou com alguns seguidores no Twitter, abandonou a ferramenta e voltou

Tiago Leifert, estrela da Globo, protagonizou o caso que expôs as críticas à Rede Globo na internet.

soltando críticas virulentas aos seus detratores. A resposta dos internautas a todo o imbróglio, mais uma vez, colocou em xeque a imparcialidade do jornalista e da emissora, e incendiou uma insatisfação que já era sentida por outros profissionais da casa.

A personificação das críticas a uma empresa, no caso um canal de TV, são comuns no Twitter. Mas a pressão sobre a Globo cresceu nas últimas semanas por conta do noticiário dominante no futebol brasileiro.

A emissora abandonou a licitação do Clube dos 13 e está negociando os direitos de transmissão separadamente. Até o momento, já tem dez clubes sob um contrato que é amplamente questionado pela entidade comandada por Fábio Koff, e ameaça seguir avançando nos bastidores. Em sua programação, o canal evita o assunto e, quando é obrigado a citá-lo, não entra em detalhes para evitar maiores transtornos. 

Ao mesmo tempo, viu crescer a ira dos são-paulinos na última terça-feira, quando a tabela do Campeonato Brasileiro deste ano foi divulgada. O clube do Morumbi terá só cinco jogos na TV aberta no primeiro turno, contra 14 do Corinthians, 12 do Palmeiras e seis do Santos.

O baixo número irritou a torcida, que viu nisso uma forma de pressão em Juvenal Juvênio, presidente do São Paulo e aliado do Clube dos 13. Pelo Twitter, os mais exaltados criaram o termo #SPFCMaiorGloboCBF para espalhar as mensagens de indignação contra a Globo, que, na visão do público, teria agido em conluio com a CBF.

A irritação, como não poderia deixar de ser, respingou nos profissionais. Tiago Leifert, apresentador da versão paulista do Globo Esporte, foi um dos alvos mais fáceis, mas outros nomes como André Rizek e Mauricio Noriega, ambos do Sportv, também foram bombardeados com questões e acusações sobre o assunto (veja o box abaixo).

LEIA OS OUTROS GLOBAIS DISSERAM QUANDO QUESTIONADOS PELO TWITTER

@norinoriega (Mauricio Noriega): “Jogo as 21 hs foi pedido pelo C13 para pegar o mercado asiático e arrecadar cerca de r$ 20 milhões extras”
Mensagem de @andredadi para @andrizek (André Rizek): Po André, eu até sei pq vcs da sportv não podem falar sobre as cotas de TV, mas não vale a pena dar um pitaco? Vai fazer bem. Abs.

Resposta de @andrizek:Amigo, veja por outro lado. Não é louvável que a TV não use a audiência para defender interesses comerciais dela? Vejo assim.

Só que foi Tiago Leifert quem perdeu a calma primeiro. Irritado com os comentários, o jornalista ameaçou deixar seus 845 mil seguidores no Twitter para evitar o “baixo nível” da ferramenta. Diante da repercussão negativa da saída, voltou e fez mais críticas à capacidade de debate e interpretação de alguns “tuiteiros”.

“Vou ter de voltar porque tem muito mais gente imbecil do que eu imaginava. A Globo jamais se daria ao trabalho de me mandar sair. Eles têm preocupações maiores, diferentemente de outros veículos”, disse Leifert, que seguiu reclamando. 

“E se você, tuiteiro, acha mesmo que eu saí por causa da Globo, você é muito imbecil. E tem problema grave de interpretação de texto”, concluiu. 

O resultado é que termos como #ForaGlobo e #CPIdaCBF voltaram ainda mais fortes. Este último, inclusive, chegou a gerar um comentário de Leifert. Cobrado por um usuário sobre a razão de não fazer matérias sobre a iniciativa do deputado Anthony Garotinho (PR-RJ), que quer investigar Ricardo Teixeira na Câmara, o jornalista disse que só cobriria o assunto quando a CPI saísse do papel.

A fala de Tiago Leifert irritou ainda mais os internautas, que imediatamente ligaram a “paciência” global com o assunto a uma proteção à CBF, totalmente repudiada pelo jornalista. Os usuários agora tentam aumentar a pressão boicotando a rede.

Na última quarta, a iniciativa já foi posta em prática no jogo entre Paulista e São Paulo. Os fãs são-paulinos prometeram acompanhar o duelo em outro canal, para mostrar indignação à Globo. A medida não impactou a audiência, mas os fanáticos pretendem seguir com o protesto.

“Domingo, clássico São Paulo x Corinthians é na tela da Band. Diga não à Globo! #SPFCmaiorGloboCBF”, disse o perfil @mannu_10Emanuelle. 

Fonte:UOL Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *