Casa Branca afirma que publicar fotos de Bin Laden poderia despertar ódio.

Home » News » Internacional » Casa Branca afirma que publicar fotos de Bin Laden poderia despertar ódio.

By nesqueci on 3 de Maio de 2011. No Comments

A Casa Branca afirmou nesta terça-feira (3) que publicar as fotos do corpo do líder da Al Qaeda, Osama bin Laden, poderia ter um efeito “incendiário” já que as imagens são consideradas muito fortes. Em sua entrevista coletiva diária, o porta-voz do governo, Jay Carney, afirmou que a Casa Branca cogita a possibilidade de tornar públicas as fotografias do corpo, mas, até o momento, não tomou nenhuma decisão definitiva.

“Estamos analisando a situação e tomaremos a decisão apropriada”, afirmou, pedindo paciência à imprensa. Os serviços de inteligência americanos estão preocupados com a possibilidade de as imagens colocarem em perigo o êxito de operações futuras.

Bin Laden morreu no último domingo durante uma operação americana realizada pelo grupo especial Seal, pertencentes à Marinha americana, contra uma mansão onde o líder terrorista se escondia, na localidade de Abbottabad, próxima a Islamabad (capital do Paquistão).

A Casa Branca afirma, no entanto, estar ciente das exigências dessas imagens para a comprovação da morte de Bin Laden. A alta comissária de Direitos Humanos das Nações Unidas, Navi Pillay, já pediu que os Estados Unidos divulguem mais detalhes da morte. Os familiares das vítimas dos atentados de 11 de setembro de 2001 também as reivindicaram, com o argumento de que lhes ajudará a “virar a página”.
Segundo fontes do Pentágono, a Casa Branca possui três séries de imagens: fotos do corpo, vídeos da cerimônia em que o corpo foi jogado ao mar do porta-aviões Carl Vinson e imagens do interior da residência onde vivia o líder da Al Qaeda.

O porta-voz também afirmou que Bin Laden não estava armado quando foi morto, mas que apresentou resistência no momento da ação. Carney acrescentou ainda que várias outras pessoas no local possuíam armas e participaram do violento tiroteio que se seguiu. “Não é necessário estar armado para resistir”, disse.

Após ser abatido, o corpo do terrorista foi transportado ao porta-aviões Carl Vinson, no Mar de Arábia, onde foi preparado de acordo com os ritos islâmicos, lavado e envolvido em um lençol branco, ainda segundo informações do governo dos EUA.

O corpo de Bin Laden foi introduzido em uma bolsa e lançado ao mar depois que foram recitadas preces que um tradutor repetiu em árabe, explicou o porta-voz.

Em sua entrevista coletiva, o porta-voz indicou que os serviços secretos analisam agora os pertences de Bin Laden, entre os quais havia documentos e computadores, na busca de pistas sobre a Al Qaeda.

Fonte: UOL Com informações das agências internacionais
——————————-

Uma coisa é certa, não adinata ficar com medinho. Retaliação havera de qualquer forma.
Agora que ficou suspeito a morte de Bin LAden acontecer assim que o Obama mostra a certidão, á isso ficou.
É como se Obama declara-se “Sim, sou americano e pra provar matei o Osama”.
Reafirma-se como governante e levanta seu moral que já estava mais baixo sola de sapato.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *