Aviso

Esta seção contém material impróprio para menores de 18 anos.

Você tem certeza que deseja prosseguir sua navegação em conteúdo probido para menores?

Voltar

Cantor Pedro Leonardo é transferido para hospital de São Paulo

13:09 Arquivado em: Música | Author Name


cantor Pedro Leonardo Dantas da Costa, 24 anos, deixou o IOG (Instituto Ortopédico de Goiânia) em uma ambulância em direção ao aeroporto Santa Genoveva. O percurso de 12 quilômetros até o aeroporto deve ser feito entre 15 e 20 minutos. De lá, um avião UTI levará o cantor e dois médicos para São Paulo. Outra aeronave levará familiares, entre eles o pai de Pedro, Leonardo. De acordo com a assessora da família, Ede Cury, o voo deve durar uma hora. O cantor, que teve a dosagem da sedação aumentada para não sentir tanto a pressurização, ficará internado no hospital Sírio-Libanês.

Na porta do IOG, fãs, amigos e familiares de Pedro aguardavam a saída do jovem. Alguns usavam camiseta com foto do cantor e com a frase: “Força, Pedro”. A fã Vera Lúcia Costa, 48 anos, saiu de Aragarças, a 400 quilômetros de Goiânia, só para dar apoio a família de Pedro. “Sou muito fã do Leonardo e do Pedro e acredito na cura do rapaz”, afirmou. Pelo mesmo motivo, Zelbiana de Oliveira Almeida, 33 anos, saiu de Uberlândia (MG) de ônibus.

Pedro Leonardo

Ambulancia que transportou Pedro Leonardo

Minutos antes de Pedro deixar o IOG, a mãe do cantor, Maria Aparecida Dantas, disse que está muito atordoada com tudo que está acontecendo e agradeceu o apoio e carinho dos fãs. “Vim dar um beijo no Pedro como costumo fazer sempre que ele viaja. Ele só está indo para São Paulo porque lá há mais recursos, mas está sendo muito bem tratado aqui”.

Em entrevista ao UOL, na manhã desta quinta-feira (26), o chefe da UTI e e diretor técnico do IOG, Wandervan Azevedo, afirmou que não recomendava a transferência de Pedro neste momento pois os pulmões do paciente ainda não funcionam adequadamente. No entanto, a decisão ficou com a família e o hospital Sírio-Libanês.

O médico ainda contou que o quadro de Pedro é muito delicado, já que ele chegou ao hospital com falência de órgãos. “O tempo que ele passou aqui foi um processo de ressuscitação, pois chegou praticamente com falência de órgãos”. O médico disse ainda que o processo de melhora “deve começar agora”.

Wandervan explicou que o estado de saúde de Pedro ainda é grave, mas com melhora, e confirmou a reação positiva do paciente após a segunda sessão de hemodiálise, realizada na quarta. Com a dosagem de sedação mais baixa, o cantor levantou o braço, apertou a mão do primo Thiago e se emocionou. Em entrevista na porta do hospital, Thiago, que faz dupla com Pedro, comentou a reação do primo enquanto conversava com ele na UTI. “Falei da filhinha [Maria Sophia], e nessa hora brotou um lágrima no olho dele. Qualquer estímulo a gente fica muito feliz”.

A assessoria da família contou que a movimentação do braço também alegrou a todos. “Ele mexeu o braço de forma coordenada, o que indica que o cérebro dele funciona de maneira adequada”, explicou Ede Cury sobre o relato dos médicos, que não falaram com a imprensa.

Materia na integra aqui no UOL

Link encurtado:

facebook comments:

Deixe uma resposta

Google Plus site stats
Aviso

Esta seção contém material impróprio para menores de 18 anos.

Você tem certeza que deseja prosseguir sua navegação em conteúdo probido para menores?

Voltar