Aviso

Esta seção contém material impróprio para menores de 18 anos.

Você tem certeza que deseja prosseguir sua navegação em conteúdo probido para menores?

Voltar

Calvicie feminina – Tudo que você queria saber sobre.

03:10 Arquivado em: Atualidades,News,Opinião | Author Name
Primeiramente vamos ressaltar que o que será dito aqui é sobre calvicie feminina, que geralmente tem causas diferente da masculina. Então marmanjos, aguardem o próximo post, onde falarei sobre a calvicie masculina. Vale lembrar que eu não sou médico e as informações apresentadas aqui foram baseadas em site dos mesmos e conhecimento adquiridos com tratamento de pessoa próxima. O qual acompanhei por dois anos de perto.

Definindo Calvicie:

Se você notar uma queda de cabelo e considerar excessiva, preste atenção em alguns fatores. *Cabelos caem mais em algumas estações (principalmente no outono). *O número de queda varia de pessoa para pessoa, pode ser de 50 a 120 fios por dia. Então se o da sua amiga não cai tanto quando o seu não se preocupe e se atente ao próximo fato. *Cabelos caem e cabelos nascem. O importante é o numero não divergir muito. Pois se você perde 70 fios e nascem só 40 fios, uma hora você terá um grande problema.
Valcinir Bedin, maior especialista em calvicie feminina do Brasil

Valcinir Bedin, maior especialista em calvicie feminina do Brasil

*Se está com calvicie não perca tempo com shampoos milagrosos e loções, geralmente o problema é interno. O melhor mesmo é ir ao medico. Alguns médicos vão te passar minoxidil e cetoconazol shampoo, o que na maioria das mulheres não vai adiantar nada. Se ele vier com receitas prontas e não pedir nem um exame de sangue, desconfie. Na duvida vá ao médico indicado no final da matéria , sua auto estima vale esse esforço. Na dúvida procure um médico.

Causa de calvicie feminina e masculina :

Testosterona: Esse é o vilão mais conhecido dessa história. Pouco a pouco esse hormônio sexual masculino “envenena” seus cabelos trazendo aquele problema tão comum aos homens, a queda de cabelo. Isso geralmente acontece quando a testosterona da mulher fica mais alta que o habitual. Isso acontece em mulheres portadoras de Alopecia Androgenética. Esse problema geralmente é constatado por exames de sangue e o médico pode indicar uma biópsia de couro cabeludo para complemento. Em geral os medicamentos nesse caso fazem o papel de abaixar a testosterona, isso não necessariamente altera sua libido ou fertilidade, uma vez que mulheres necessitam de muito menos testosterona do que homens. Não falarei o nome do remédio para evitar automedicações e por ser um remédio que se tem que ter muito cuidado, por isso é imprescindível que o médico acompanhe de perto o tratamento (todo medicamento deve ser acompanhado por médicos). Insuficiência de ferro: Esse problema geralmente é ocasionado por insuficiência de ferritina ( função primária da Ferritina é de acumular o ferro intracelular protegendo a célula dos efeitos tóxicos do metal livre constituindo uma reserva de ferro rapidamente mobilizável). Em outras palavras ferritina baixa= calvicie (Principal causa da calvicie feminina). No exame de ferritina você vai observar que o normal é algo em torno de 10 a 80 µg, abaixo disso seria uma anemia. Mas em algumas mulheres esse valores também podem significar calvície. Uma vez que você tem o suficiente para as funções básicas, mas não para o que o corpo considera supérfluo (cabelo). O ideal seria uma ferritina estável em 100µg (claro que só estou especulando com base nos fóruns e no tratamento que acompanhei como curioso), o máximo aceitável seria algo em torno dos 300µg já que valores elevados podem indicar diversas doenças como hepatite. Alterações metabólicas : Doenças como o lúpus e dificuldades na absorção dos nutrientes necessários aos fios são a terceira causa. Má alimentação também prejudica a saúde do cabelo. A alimentação é uma coisa muito importante a se ressaltar. Sabe aquelas dietas rígidas? Então, a maioria delas ocasiona falta de proteínas o que pode levar a uma calvície diferente. Os cabelos ficam muito frágeis podendo ser facilmente arrancados do couro cabeludo. Encerrando, queria chamar a atenção para algo. Esse tratamento de calvicie feminina é razoavelmente novo e atualmente muita gente vem empregando ele porque está meio que “na moda”, então tomem cuidado, em toda profissão há profissionais ruins. Um médico que posso indicar sem sombra de dúvida e sem medo de passar vergonha com vocês é o Dr. Valcinir Bedin, que praticamente é um pioneiro no tratamento de calvicie feminina. Nesse vocês podem confiar, tenho pessoas próximas que tratam com ele. E olhe que já conheci muito médicos que se diziam especialista em calvicie feminina, só com esse não me decepcionei. O site dele é o seguinte http://www.doutorbedin.com.br/ Esse artigo tem a intenção de informar que calvicie feminina tem tratamento e indicar o caminho a procurar. Não sou médico e nem especialista em cabelos, só quis dividir minha experiência. E não recebi um centavo do Dr Valcinir Bedin, apenas indiquei porque bons profissionais têm que ser reconhecidos.

Link encurtado:

facebook comments:

3 Respostas para Calvicie feminina – Tudo que você queria saber sobre.

  1. olá tenho interesse de saber sobre os queda de cabelo tenho esse problema

    ana
    16 de junho de 2015 at 19:12
    Responder

  2. Olá, há dois meses estou com uma queda de cabelos bem acentuada… qdo uso o pente caem mais ou menos uns 200 fios , qdo passo as maos saem 2 ou 3…. caem da raiz…. parei com a pilula … Tomei pantogar. .. himecapHair… locao anti queda e nada resolver to ficando desesperada pq esta ralo meu cabelo… o couro caveludo doi um pouco as vezes. Nunca fiz exame de sangue . Me ajuda por favor?

    Rosana Lessa
    2 de janeiro de 2016 at 14:33
    Responder

    • tem que procurar um medico especialista. No caso que acompanhei era a ferritina que tava baixa. Calvicie feminina na maioria dos casos é essa a origem.

      nesqueci
      16 de março de 2016 at 16:59
      Responder

Deixe uma resposta

Google Plus site stats
Aviso

Esta seção contém material impróprio para menores de 18 anos.

Você tem certeza que deseja prosseguir sua navegação em conteúdo probido para menores?

Voltar