Cães vítimas de maus tratos se recuperam e serão postos para adoção em um mês.

Home » Atualidades » Meio Ambiente » Cães vítimas de maus tratos se recuperam e serão postos para adoção em um mês.

By nesqueci on 18 de Maio de 2011. No Comments

Filhote está subnutrido e apresenta marcas de maus tratos.

Agitados e bem alimentados. É assim que estão os dois cães da raça pitbull que foram resgatados em condições deploráveis nessa segunda-feira (17), por policiais da Companhia Independente de Policiamento com Cães (Cipcães), da Polícia Militar de Pernambuco, em uma casa abandonada em Maranguape I, no município de Paulista, no Grande Recife. Mãe e filhote estão recebendo os cuidados do médico veterinário Marcell Gati, e ficarão disponíveis para adoção depois que se recuperarem. A previsão é de que isso aconteça em um mês.

“Depois de serem trazidos para cá, demos um banho de carrapaticida e coletamos sangue, que foi levado para o laboratório. Eles tomaram uma suplementação vitamínica e agora estamos aguardando resultado dos exames. Provavelmente, eles possuem doenças causadas por carrapatos”, afirma Gati.

Por meio de denúncias, a polícia chegou à casa, onde os animais eram mantidos sem qualquer higiene ou alimentação e foram encontrados acorrentados. Segundo o veterinário, a mãe aparenta ter 4 anos de idade e o filhote, oito meses. Ambos estavam famintos e sem firmeza ao andar.

Os bichos agora compartilham o quintal espaçoso nos fundos do Consultório Gati, em Casa Forte, na Zona Norte do Recife, de propriedade do veterinário, em Casa Forte, na Zona Norte do Recife. No local, está outro cãozinho de rua que fraturou as patas dianteiras depois de ter sido atropelado. O veterinário, que recebeu os pitbulls após o resgate feito pelo Cipcães, cuida desses bichos sem retorno financeiro. No entanto a solidariedade com os animais levou os vizinhos a entrar com uma ação no Ministério Público, por conta do barulho que os animais faziam.

CIPCÃES – O acusado de manter os cães aprisionados está sendo procurado pela polícia. “Conseguimos o endereço do acusado e enviarei um ofício à delegacia para que sejam tomadas as devidas providências”, disse o major da Cipcães, Rômulo Lamenha, responsável pelo resgate dos animais.

Fonte:UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *