Cadela sobrevive após passar três dias enterrada em terreno baldio.

Home » Atualidades » Meio Ambiente » Cadela sobrevive após passar três dias enterrada em terreno baldio.

By nesqueci on 5 de maio de 2011. No Comments

Foto: Reprodução/La Hora

No dia 17 de abril uma mulher chamada Maria, ao passar por um terreno baldio, escutou um barulho que saía da terra. Assustada, procurou com uma pá e começou a cavar, e entre latidos e gemidos que escutava, encontrou a uma cadelinha dentro de um saco plástico e com o focinho para fora.

Segundo informações do jornal La Hora, a cadelina, batizada com o nome de Lunita, tinha muita dificuladade para respirar e não podia caminhar. Maria pediu ajuda a Daniela Rojas que trabalha em prol das causas dos animais em Curepto, no Chile.

Depois de passar por um exame veterinário, detectou-se que Lunita foi espancada antes de ser enterrada, o que danificou suas patinhas traseiras.

Daniela se dirigiu a casa de Luis Miño, tutor de Lunita e suposto responsável pelo abuso, e ele confirmou os fatos, afirmando que tinha feito isso porque não teve coragem de terminar de matá-la, já que era muito mimada por isso preferiu enterrá-la viva, alegando que o animal “não servia para nada”.

Indignada, Daniela denunciou o caso a polícia, mas até o momento Luis Miño não foi chamado para depor.

Os moradores de Curepto em total repúdio a Luis Miño começaram uma campanha para arrecadar fundos para comprar um carrinho para que Lunita possa caminhar e pedindo ajuda dos meios de comunicação para que se faça a justiça pertinente ao caso.

O email de contato para saber notícias de Lunita y poder ajudar é ayudalunita@hotmail.es

Fonte: anda.jor.br


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *