Bueiro explode e interdita trechos de 2 vias em Copacabana, diz CET-Rio.

Home » Atualidades » Cotidiano » Bueiro explode e interdita trechos de 2 vias em Copacabana, diz CET-Rio.

By nesqueci on 2 de Abril de 2011. No Comments

Um bueiro explodiu na noite desta sexta-feira (1º), na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, esquina com a Rua Bolívar, na Zona Sul do Rio. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio (CET-Rio), devido ao acidente, trechos das duas vias estão interditados.

Dois táxis foram atingidos pela tampa do bueiro. Segundo a Polícia Militar, haveria pelo menos três feridos, que estão recebendo os primeiros atendimentos ainda no local.

Procurada pelo G1, a Light, empresa responsável pelo fornecimento de energia no local, informou que já está com uma equipe no local para apurar o ocorrido.

De acordo com a CET-Rio, o tráfego está intenso e com retenção no local.

Presidente da Light admite que pode haver novas explosões em bueiros

 

Um dia após a explosão do bueiro da Light que deixou cinco feridos em Copacabana, na Zona Sul do Rio, o presidente da Light, Jerson Kellman, admitiu em entrevista coletiva neste sábado (2), que a rede subterrânea da empresa tem problemas e que novas explosões podem ocorrer na cidade.

Segundo Kelmann, a explosão foi causada por um dos dois transformadores da câmara substerrânea de Copacabana, que estava na lista dos 4 mil equipamentos a serem trocados pela empresa, entre o Centro e a Zona Sul.

Deste total, 2 mil estão em estado crítico e precisam ser substituídas ou readaptadas. A que explodiu estava entre as que passariam por essa readaptação.


Presidente da empresa pede desculpas

“Tínhamos a impressão que o pior já tinha acontecido. Fomos surpreendidos com essa tragédia. O prefeito tem toda razão de cobrar da Light uma atitude e pedimos desculpas à população pelo o que aconteceu. Vamos acelerar o programa de substuição. Essa será minha prioridade número 1”, disse.

Neste sábado, ele se reúne com diretores da empresa para tratar da aceleração do programa de recuperação dos equipamentos. Vai indenizar as vítimas, recuperar a via e reembolsar a prefeitura pelos gastos da recuperação da região.

Fonte:G1 RJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *