Error - no front end stylesheet defined.
Aviso

Esta seção contém material impróprio para menores de 18 anos.

Você tem certeza que deseja prosseguir sua navegação em conteúdo probido para menores?

Voltar

Garota de 16 anos ganha o direito de cursar medicina sem terminar ensino médio

19:53 Filed under: Cultura | Author Name

Aos 16 anos e ainda sem completar o ensino médio, Isabel Tolentino ocupa uma das carteiras do curso de medicina da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande (MS), onde nasceu e mora.
Ela ingressou no curso por meio do Enem (Exame Nacional de Ensino Médio). Aos 15 anos de idade, ela já podia ter ingressado no curso de engenharia de produção na Universidade Federal de Pelotas (RS). “Não quis isso porque estava no primeiro ano do ensino médio e não havia definido “se gostava ou não do curso”, diz Isabel.

Isabel teve de recorrer à Justiça para garantir seu ingresso na universidade. Até duas semanas atrás, ela frequentava medicina e o ensino médio ao mesmo tempo. Agora, com uma permissão concedida pelo desembargador Joenildo de Souza Chaves, do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a garota pode continuar os estudos só no ensino superior.
Segundo o desembargador, a limitação de idade para cursar a faculdade refere-se apenas à “capacidade intelectual da pessoa”. Os impedimentos deixariam de existir por Isabel ter provado seus conhecimentos no Enem.

Filha única de um advogado e veterinário com uma psicóloga, Isabel diz que conseguiu a vaga por ter “estudado mais que os colegas” no ano passado. “Cursava o 2º ano durante o dia, mas à noite frequentava um curso preparatório para o Enem. Agora, com a decisão, estou aliviada e estudando menos.”

Isabel acha que as escolas devem preocupar-se mais com o Enem. “O ensino médio se preocupa em questões específicas, já o Enem é mais amplo. Tanto que só passei porque fiz um cursinho para o Enem”, diz.

A decisão de cursar medicina veio logo que entrou no ensino médio. “Sempre gostei de biologia e de matemática”. Ela pretende se especializar em genética médica ou em neurologia. Até que isso ocorra, serão necessários mais oito anos – seis do curso de gradução mais dois de especialização. Ou seja, aos 22 anos já poderá atuar como médica.

Isabel gosta de ir a shows, ao cinema e ao shopping nos fins de semana. “Sou normal”, brinca. Durante o ensino básico, sua nota mais baixa foi um oito em educação artística, disciplina da qual “não gosta muito”.

Já como estudante de medicina, ela já enfrentou sua primeira prova. “Tirei dez”, diz sorrindo a adolescente.

Fonte:UOL

——————————————

Brasil, quem não chora não mama. Não importa se nao tem o direito, se você espernar você ganha ele.
O pre-requisito pra ingressar no curso superior é o ensino medio.Se começarmos a passar por cima das pequenas cosias as outras vão perder o sentido tambem.
Não pode existir brechar ou excessões, senão todos vao querer.
Me entristece esse tipode coisa.
Por mim até reservariam a vaga pra ela , ams elas so poderia ingressar quando terminasse o ensino medio como outra pessoas qualquer.


Use Facebook to Comment on this Post

Shortlink:

Compartilhe

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Google Plus site stats
Aviso

Esta seção contém material impróprio para menores de 18 anos.

Você tem certeza que deseja prosseguir sua navegação em conteúdo probido para menores?

Voltar