|

Adolescente morreu no Hopi Hari

JOvem sofre acidente e morreu no Hopi Hari

A adolescente de 14 anos que morreu no Hopi Hari após cair de um brinquedo , em Vinhedo (79 km de São Paulo), na manhã desta sexta-feira vivia no Japão e estava passando as férias na casa de familiares em Guarulhos (Grande SP).

Gabriela Yokari Michimura estava no Hopi Hari com o pai, a mãe –que são brasileiros– e a irmã.
O acidente ocorreu no brinquedo do Hopi Hari com nome de La Tour Eiffel, um elevador com 69,5 metros, por volta das 10h20 desta sexta-feira.

Segundo o hospital Paulo Sacramento, Gabriela teve um traumatismo craniano ao cair do brinquedo. Ela foi reanimada no parque, mas teve uma parada cardíaca e morreu a caminho do hospital.


De acordo com informações do parque, o brinquedo tem a altura de um prédio de 23 andares e a queda pode atingir 94 km/h.

O Hopi Hari ainda não sabe dizer de que altura a vítima caiu e o que motivou o acidente. O parque foi fechado por volta das 13h, até o horário apenas o brinquedo tinha sido fechado para a realização da perícia.

Em nota publicada em seu site, o parque Hopi hari disse que “lamenta profundamente o ocorrido” e que “está prestando toda a assistência à família da vítima e apoiando os órgãos responsáveis na investigação sobre as causas do acidente”.

esquema que demonstra o acidente no Hopi Hari

Em setembro de 2007 outro jovem morreu no Hopi Hari

m setembro de 2007, o estudante Arthur Wolf, 15, morreu após passar mal em uma atração chamada Labirinto (um corredor de 130 metros com salas, atores vestidos de monstros, fumaça cenográfica e jogos de luzes).

O estudante integrava uma excursão com cerca de 200 alunos do Centro Educacional Edip, de Santo André (na Grande São Paulo). O grupo passou o dia no parque com professores.

Outro acidente em um brinquedo do Playcenter, parque na zona oeste de São Paulo, deixou oito pessoas feridas no dia 3 de abril de 2011. Houve uma falha na trava de segurança do Double Shock, que se abriu e provocou a queda das vítimas, com o brinquedo ainda em movimento.


Laudo do IC (Instituto de Criminalística) apontou que o acidente foi causado por falha humana. Segundo o documento, um operador não verificou corretamente o fechamento das travas do equipamento.

Fonte:Folha Uol

Short URL: http://naoesqueci.com.br/?p=11425

Posted by on fev 24 2012. Filed under Atualidades. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response or trackback to this entry

facebook comments:

Deixe sua resposta(Os comentários não refletem a opinião do site, o que postar será de sua inteira responsabilidade.)

120x600 ad code [Inner pages]
300x250 ad code [Inner pages]